Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise dos efeitos do LTA em cultura celular tridimensional para células da polpa dentária e angiogênese

Processo: 14/12261-6
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Pesquisador responsável:Carlos Henrique Ribeiro Camargo
Beneficiário:Flávia Martins Leal
Supervisor no Exterior: Benjamin David Zeitlin
Instituição-sede: Instituto de Ciência e Tecnologia (ICT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José dos Campos. São José dos Campos , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of the Pacific, San Francisco, Estados Unidos  
Vinculado à bolsa:13/09152-8 - Avaliação da produção de citocinas, expressão gênica e análise funcional de células SHED expostas ao LTA bacteriano, BP.MS

Resumo

A inflamação da polpa dentária é uma reação do organismo que visa eliminar a causa e permitir o reparo, frente a uma injúria como a infecção bacteriana. O LTA (ácido lipoteicóico), componente da membrana de bactérias Gram-positivas, frequentemente presentes em infecções por cárie do complexo dentino-pulpar e pulpites, estimula a produção e liberação de moléculas envolvidas no recrutamento de células inflamatórias e imunológicas. Células-tronco da polpa dentária humana são células mesenquimais indiferenciadas do tecido pulpar, que na presença de um dano tecidual, migram para o local da injúria, onde podem se diferenciar e participar do processo de reparo ou regeneração. O sucesso da maioria dos esforços de engenharia tecidual se baseia no estabelecimento de um suprimento sanguíneo adequado para permitir a sobrevivência, proliferação e diferenciação das células transplantadas. A angiogênese é fundamental no processo inflamatório, considerando-se que as células inflamatórias e mediadores nos vasos sanguíneos são responsáveis por eliminar a lesão, tal como uma infecção bacteriana. Portanto, o objetivo deste estudo é avaliar os efeitos do LTA em modelos de cultura celular tridimensional (3D) para células-tronco da polpa dentária e angiogênese. As células serão tratados com LTA em diferentes concentrações, com e sem indução de mineralização. Análise da citotoxicidade de concentrações de LTA em um ambiente 3D será avaliada por WST-1. O modelo 3D de células tratados com LTA será realizado, e o ensaio Droplet para células endoteliais indicará a capacidade de indução de angiogênese da LTA. Os dados serão submetidos à análise estatística por ANOVA complementada pelos testes recomendados post-hoc (p <0,05). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.