Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito de antagonista histamínico na reparação periodontal de molares de ratos

Processo: 14/11262-9
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Morfologia - Histologia
Pesquisador responsável:Paulo Sergio Cerri
Beneficiário:Camila Chierici Marcantonio
Instituição Sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Biologia oral   Periodontite   Histamina   Reabsorção óssea   Antagonistas dos receptores histamínicos   Reparação periodontal   Processo alveolar   Análise morfológica
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:mucosa gengival | osso alveolar | Reabsorção ossea | reparação periodontal | Biologia Oral

Resumo

A periodontite é uma doença multifatorial caracterizada pela inflamação e destruição do periodonto. Diversos mediadores químicos são liberados na instalação do processo inflamatório, entre eles, a histamina. Há evidências de que a histamina estimula a osteoclastogênese e, conseqüentemente, a reabsorção óssea. Resultados obtidos no nosso laboratório revelaram que a cimetidina, um antagonista de receptores H2 de histamina, reduz a perda óssea durante a instalação da doença periodontal. Assim, o nosso propósito no presente estudo é investigar se a cimetidina estimula a reparação dos tecidos periodontais em molares de ratos com periodontite induzida. Para induzir a doença periodontal (DP), um fio de algodão será inserido no colo cervical do 2º molar superior esquerdo. Após 7 dias, a ligadura será removida e os animais receberão, por via intraperitoneal, cimetidina na concentração de 100 mg/kg de peso corporal do animal (GPCi), durante 7, 15 e 30 dias; os animais do grupo controle sham (GPS) receberão solução salina, em doses equivalentes à cimetidina. No grupo controle (GC), sem doença periodontal induzida, a hemimaxila esquerda (sem ligadura no 2º molar) será removida dos ratos em cada período experimental. As hemimaxilas de 05 ratos de cada grupo/período serão removidas, fixadas em formaldeído, descalcificadas em EDTA e incluídos em parafina. Cortes semi-seriados corados com H&E serão usados para a análise morfológica e mensuração de alguns parâmetros: densidade de volume de células inflamatórias, perda de osso do processo alveolar e migração do epitélio juncional. O número de osteoclastos TRAP-positivos na superfície óssea do processo alveolar também será estimado. Cortes das hemimaxilas serão também submetidos ao picrosirius e observados ao microscópio de luz com filtros de polarização; o conteúdo de colágeno birrefringente no tecido conjuntivo subjacente ao epitélio gengival nas regiões mesial e distal será estimado. A análise estatística será realizada utilizando-se o programa Sigma Stat 2.0 (Jandel Scientific, Sausalito, CA); o teste a ser aplicado será definido de acordo com o ANOVA e o nível de significância considerado será p£0,05.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)