Busca avançada
Ano de início
Entree

Desempenho ventricular esquerdo e sinalização molecular no miocárdio de ratos submetidos a treinamento físico aeróbio de corrida e natação

Processo: 14/08273-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia de Órgãos e Sistemas
Pesquisador responsável:Andrey Jorge Serra
Beneficiário:Mariana Teixeira dos Santos
Instituição-sede: Universidade Nove de Julho (UNINOVE). Campus Vila Maria. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):MicroRNAs   Corridas   Natação   Fisiologia cardiovascular   Função ventricular

Resumo

O treinamento físico impõe alterações estruturais, funcionais e moleculares no coração. Desta adaptação, conhecida como hipertrofia cardíaca fisiológica, desperta interesse a resposta adaptativa peculiar ao tipo de treinamento. Exercícios anaeróbios induzem aumento da espessura de parede ventricular esquerda (VE) e redução da cavidade, caracterizando hipertrofia VE do tipo concêntrica. Exercícios aeróbios induzem remodelamento excêntrico da cavidade, expressa como aumento do raio cavitário e manutenção ou alteração ínfima na espessura parietal. Estas informações seduzem a acreditar que o remodelamento cardíaco imposto pelo exercício é definitivo. Todavia, indícios que diferentes tipos de exercícios aeróbios podem também desencadear remodelação cardíaca distinta desperta certa inquietude. Esta questão é abordada em projeto de pesquisa que conta com apoio da FAPESP (2013/20011-7) e, permitirá obter as seguintes informações: [1] há semelhança na hipertrofia VE de ratos nadadores e corredores; [2] a função VE e miocárdica in vitro são aprimoradas em ambas as metodologias de treinamento. Nesta proposta nova, o objetivo é avaliar se a natação e corrida induzem alterações moleculares semelhantes e, que sabiamente participam do remodelamento miocárdico induzido pelo exercício. Especificamente, a resposta do eixo fosfoinositídeo 3-quinase (PI3K ±)/Akt1 ao exercício será considerada. Acresça-se que a expressão miocárdica dos microRNA's miR-1 e miR-124 também será determinada e justificada pelos seguintes fatores: [1] o desenvolvimento hipertrófico do coração esta associado com redução do miR-1 e miR-124 após treinamento aeróbio; [2] a relação inversa entre expressão do miR-1/miR-124 e hipertrofia miocárdica ocorre em sintonia com alteração da PI3K±/Akt.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.