Busca avançada
Ano de início
Entree

Co-expressão do receptor de IL-10 como estratégia para potencializar os efeitos de uma vacina de DNA voltada para o controle de tumores induzidos pelo HPV-16

Processo: 14/11073-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Luis Carlos de Souza Ferreira
Beneficiário:Jamile Ramos da Silva
Instituição-sede: Instituto de Ciências Biomédicas (ICB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Vacinas de DNA   Desenvolvimento de vacinas   Papillomavirus humano 16   Neoplasias da coluna vertebral   Imunossupressão

Resumo

No Laboratório de Desenvolvimento de Vacinas (LDV) do ICB-USP foi criada uma estratégia vacinal terapêutica para o câncer cervical que emprega um vetor que codifica a proteína E7 de HPV-16 fusionado à proteína glicoproteína D (gD) do Vírus Herpes Simplex do tipo 1 (HSV-1). Esta vacina de DNA, pgDE7h, apresentou propriedades preventivas e terapêuticas em camundongos desafiados com células TC-1 que expressam as oncoproteínas E6 e E7 do HPV-16. Neste projeto, serão avaliados os efeitos da administração de um plasmídeo que codifica o receptor solúvel da citocina IL-10 (pIL10R) na potencialização da vacina de DNA pgDE7h no controle de tumores induzidos pelo HPV-16. Esta proposta busca suprimir os mecanismos de imunossupressão mediada por IL-10 no imune escape tumoral. Para tanto, serão testados diferentes regimes vacinais. Inicialmente, será avaliado o potencial terapêutico da combinação vacinal na regressão tumoral, variando-se o intervalo de tempo entre o desafio dos animais com as células TC-1 e a administração da vacina. Posteriormente, a concentração da vacina será gradativamente reduzida na busca da sua concentração mínima capaz de induzir proteção terapêutica. A resposta de linfócitos T E7-específica desencadeada pela vacina será determinada por diferentes abordagens experimentais. Além disso, será avaliado o efeito da vacina sob a expansão de células imunossupressoras, como células T regulatórias e células mielóides supressoras, bem como o perfil de citocinas. Subsequente, o papel da citocina IL-10 em camundongos deficientes para esse gene, será verificado após a administração da vacina pdDE7h. Os resultados obtidos durante a execução deste projeto contribuirão para o desenvolvimento de uma estratégia vacinal inédita que possa atuar tanto na indução de uma resposta anti-tumoral como no controle da imunossupressão. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SILVA, JAMILE R.; SALES, NATIELY S.; SILVA, MARIANGELA O.; APS, LUANA R. M. M.; MORENO, ANA C. R.; RODRIGUES, ELAINE G.; FERREIRA, LUIS C. S.; DINIZ, MARIANA O. Expression of a soluble IL-10 receptor enhances the therapeutic effects of a papillomavirus-associated antitumor vaccine in a murine model. CANCER IMMUNOLOGY IMMUNOTHERAPY, v. 68, n. 5, p. 753-763, MAY 2019. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
SILVA, Jamile Ramos da. Controle da imunossupressão como estratégia para potencializar os efeitos de uma vacina de DNA contra tumores induzidos pelo HPV-16.. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Instituto de Ciências Biomédicas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.