Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeitos do benzo[alfa]pireno no sangue e no fígado das espécies Physalaemus cuvieri e Leptodactylus fuscus (Anura: Leptodactylidae)

Processo: 14/07466-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Classius de Oliveira
Beneficiário:Lara Zácari Fanali
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Anura   Pigmentação

Resumo

Embora o Brasil lidere na diversidade de anfíbios, estes estão expostos a contaminantes que podem causar redução no número de espécies. Hidrocarbonetos Policíclicos Aromáticos (HPAs) são contaminantes gerados da combustão e estão presentes no ambiente. O benzo[±]pireno (BAP) é um composto mutagênico e carcinogênico metabolizado no fígado e transportado até ele por meio da corrente sanguínea. Neste órgão há um tipo celular, o melanomacrófago, células de defesa que contém pigmento e podem armazenar melanina, hemosiderina e lipofucsina, sendo alguns produtos derivados do catabolismo celular. Quanto às células sanguíneas de anfíbios estão: eritrócitos e os leucócitos (basófilos, eosinófilos, trombócitos e monócitos). Existe um padrão de variabilidade morfológica e quantitativa dessas células, porém, exposição a poluentes químicos podem induzir alterações nos parâmetros hematológicos dos animais. Assim, em duas espécies morfologicamente bem distintas, os objetivos do trabalho são: avaliar o efeito do benzo[±]pireno nos melanomacrófagos do fígado; quantificar mastócitos; fazer análise hematológica (apenas em Leptodactylus fuscus) dos efeitos do benzo[±]pireno; fazer análise ultraestrutural descritiva do fígado. Para isso, serão utilizados 36 animais da espécie Physalaemus cuvieri e 36 de Leptodactylus fuscus. O experimento será realizado nos tempos experimentais de 24h, 7 e 13 dias, onde os animais receberão a concentração de 2mg/kg de BAP. Os animais serão eutanasiados e o fígado será pesado em balança analítica. Seguir-se-ão os procedimentos para inclusão em historesina para análise em microscopia de luz e também a inclusão em araldite para análise em microscopia eletrônica de transmissão.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FANALI, LARA ZACARI; FRANCO-BELUSSI, LILIAN; BONINI-DOMINGOS, CLAUDIA REGINA; DE OLIVEIRA, CLASSIUS. Effects of benzo[a]pyrene on the blood and liver of Physalaemus cuvieri and Leptodactylus fuscus (Anura: Leptodactylidae). Environmental Pollution, v. 237, p. 93-102, JUN 2018. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FANALI, Lara Zácari. Descrição micromorfológica e efeitos do benzo[α]pireno em células hepáticas e sanguíneas das espécies Physalaemus cuvieri e Leptodactylus fuscus (Anura: Leptodactylidae). 2016. 76 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.