Busca avançada
Ano de início
Entree

Combinação intertécnica de soluções geodésicas na rede GNSS-SP

Processo: 14/04741-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Geociências - Geodésia
Pesquisador responsável:João Carlos Chaves
Beneficiário:Caio Henrique Chrisóstomo Mendonça
Instituição-sede: Faculdade de Ciências e Tecnologia (FCT). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Presidente Prudente. Presidente Prudente , SP, Brasil
Assunto(s):Processamento de dados   Sistema de posicionamento global (GPS)   Levantamentos geodésicos

Resumo

A característica continental do Brasil implica na necessidade de constantes desafios científicos em pesquisas espaciais e tecnológicas em soluções geodésicas, contribuindo com o desenvolvimento e o engajamento de Centros de Pesquisa, nacionais e internacionais, fornecendo instrumentos às atividades espaciais no país e ampliando as perspectivas de aplicação das ciências e técnicas geodésicas espaciais (GNSS, SLR e VLBI) em diversos setores da sociedade, bem como a compreensão e integração das atividades espaciais desenvolvidas no contexto internacional. Face às deficiências obtidas por soluções geodésicas individuais (intratécnica), no que concerne à origem, escala ou orientação, torna-se necessário combinar resultados obtidos por diferentes técnicas espaciais (intertécnica), com o intuito de se estimar, minimizar ou eliminar tais deficiências. No estado de São Paulo, as estações da Rede GNSS-SP coletam e disponibilizam dados GNSS, que podem ser combinados, conjuntamente, com os arquivos SINEX das soluções intertécnica (SLR e VLBI), visando a resolução da deficiência de datum nos processamentos que utilizam somente soluções intratécnica. Esta Rede contou com recursos da FAPESP e merece incentivo. O processamento e a combinação de soluções intratécnica (GNSS) decorrente do estudo de caso relacionado com esta Rede (Processo FAPESP 2012/18505-9) via GridUNESP, com os programas científicos GAMIT e GLOBK, estima as coordenadas, velocidades e séries temporais de nove estações da respectiva Rede, alinhadas ao ITRF 2008 em função de quatro estações IGS. A combinação de soluções intertécnica deve melhorar a precisão de escala, posição e velocidades das nove estações da Rede GNSS-SP, dando continuidade ao Proc. 2012/18505-9, em virtude da escassez de estudos desta natureza no Brasil e em colaboração com a investigação e determinação das coordenadas das respectivas estações, com base na combinação geodésica de soluções intertécnica, além de contribuir com os futuros desafios científicos e com a comunidade geodésica nacional, disponibilizando soluções mais consistentes (precisas). (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.