Busca avançada
Ano de início
Entree

Saúde mental, condições de vida e comportamentos de estudantes do curso de graduação em odontologia

Processo: 14/09323-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Tratamento e Prevenção Psicológica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ana Teresa de Abreu Ramos Cerqueira
Beneficiário:Karen Mendes Graner
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Estudantes universitários   Estudantes de odontologia   Alcoolismo   Saúde pública

Resumo

Sofrimento psíquico e comportamentos de risco entre estudantes universitários vêm sendo foco de pesquisas, em especial, no curso de Medicina. Porém, são menos frequentes pesquisas com outros estudantes universitários e, em especial, estudantes de odontologia, que investiguem esses aspectos, a percepção sobre o ambiente educacional em que estão inseridos, como lidam e se adaptam a situações adversas. O objetivo do presente estudo é investigar a saúde mental, uso de risco de álcool e as condições de vida dos estudantes do curso de Odontologia da Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP, identificando fatores de risco e de proteção para sofrimento psíquico. Trata-se de um estudo de corte transversal, descritivo e analítico, com os estudantes matriculados no ano de 2014 (N=320), de todas as séries, que concordarem em participar da pesquisa. O protocolo de pesquisa contém questionário com perguntas fechadas e abertas sobre: características sociodemográficas, estilo de vida, auto-avaliação da saúde, escolha profissional e histórico de tratamento psicológico/psiquiátrico. Serão também investigados: apoio social (Escala de Apoio Social), transtorno mental comum - TMC (Self Repporting Questionnarie), uso abusivo de álcool (Alcohol Use Disorder Identification Test), ambiente educacional (Dundee Ready Education Environment Measure), padrões de enfrentamento (Inventário de Estratégias de Coping) e resiliência (Escala de Resiliência). Será realizada análise descritiva das variáveis categóricas e ainda as análises bivariada e multivariada buscando-se identificar fatores de risco e proteção para os desfechos (sofrimento psíquico e uso de risco de álcool). As variáveis de exposição serão as características sociodemográficas, apoio social, ambiente educacional, modos de enfrentamento e resiliência. Será adotado o nível de significância padrão de 5%. Integrarão o modelo, para a análise multivariada, as variáveis com probabilidade igual ou menor que 0,25. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GRANER, KAREN MENDES; PEREIRA LIMA, MARIA CRISTINA. . PLoS One, v. 13, n. 9 SEP 27 2018. Citações Web of Science: 0.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
GRANER, Karen Mendes. Transtornos mentais comuns e uso de risco de álcool em estudantes de graduação em odontologia. 2017. Tese de Doutorado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Medicina..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.