Busca avançada
Ano de início
Entree

Terminologia de contratos de locação de imóveis: dados linguísticos e socioculturais dos termos em francês

Processo: 14/15089-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 19 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 18 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Pesquisador responsável:Lidia Almeida Barros
Beneficiário:Karina Rodrigues
Supervisor no Exterior: Isabelle Oliveira
Instituição-sede: Instituto de Biociências, Letras e Ciências Exatas (IBILCE). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de São José do Rio Preto. São José do Rio Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa: Université Sorbonne Nouvelle - Paris 3, França  
Vinculado à bolsa:13/14493-9 - Proposta de modelo de dicionário bilíngue português-francês e francês-português voltado à terminologia de contratos de locação de imóveis., BP.DR
Assunto(s):Locação de imóveis   Terminologia   Língua francesa   Língua portuguesa

Resumo

A proposta de Bolsa Estágio de Pesquisa no Exterior (BEPE) que aqui apresentamos vincula-se ao projeto de Doutorado em andamento, no qual desenvolvemos um modelo de dicionário bilíngue francês-português / português-francês de termos de contratos de locação de imóveis, processo Fapesp nº 2013-14493-9. A pesquisa de Doutorado beneficia-se de resultados obtidos em pesquisa anterior, de Mestrado, na qual elaboramos um glossário de termos de contratos de locação de imóveis na direção pt-fr. Nossa pesquisa atual prevê o levantamento de termos na direção oposta, fr-pt, para elaborarmos um modelo de dicionário realmente bilíngue. O levantamento de dados (como definição, informações linguísticas e extralinguísticas, etc) de termos de contratos de locação de imóveis em francês e a busca de seu equivalente em língua portuguesa constitui parte fundamental de nossa pesquisa, na medida em que nos permitirá conhecer profundamente a terminologia desse tipo de documento nas duas culturas. Nosso intuito em realizar essa parte da pesquisa em um estágio na França tem como pressuposto a utilização de bancos de dados e bibliografia especializada em um número maior de fontes, uma vez que a oferta de bibliografia relacionada ao sistema jurídico da França bem como dicionários jurídicos franceses é pequena em nossas bibliotecas, se comparada com a profusão de títulos ofertados no amplo complexo universitário da cidade de Paris. O acesso a essas fontes pode proporcionar resultados mais precisos em nossa pesquisa. Além disso, contamos com a possibilidade de consultas a especialistas (advogados, agentes imobiliários entre outros) sobre termos que ofereçam maior complexidade, uma vez que as nuances semântico-conceptuais de alguns termos nas duas culturas são de difícil compreensão e que consultas a especialistas é um procedimento comum e muito importante em Terminologia no sentido de dirimir tais dúvidas. A compreensão adequada das nuances semântico-culturais dos termos é de fundamental para a elaboração de nosso dicionário. Pretendemos também seguir disciplinas na Universidade Paris III - Sorbonne Nouvelle, um dos centros de excelência em Terminologia da França, no qual atuam pesquisadores como Prof. Dr. Loïc Depecker, criador da Sociedade Francesa de Terminologia, e a Profa. Dra. Isabelle Oliveira, eminente pesquisadora nos domínios de Terminologia, Linguística e línguas estrangeiras, o que certamente enriquecerá nossa pesquisa e nosso conhecimento sobre Terminologia. (AU)