Busca avançada
Ano de início
Entree

Entrelaçamentos de práticas artísticas, produção de saúde e projetos culturais: conceitos, experiências e processo escritural

Processo: 14/09724-4
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Artes - Fundamentos e Crítica das Artes
Pesquisador responsável:Eliane Dias de Castro
Beneficiário:Eliane Dias de Castro
Anfitrião: Jorge Manuel Nunes Ramos do Ó
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FM). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Local de pesquisa : Universidade de Lisboa, Portugal  
Assunto(s):Participação social   Subjetividade

Resumo

Na contemporaneidade o acompanhamento de um conjunto de experiências que acontecem no entrelaçamento de práticas artísticas, produção de saúde e projetos culturais vem mobilizando a multiplicação e sustentação das ofertas de projetos constituídos em interface com as artes, a produção da saúde e a ação cultural em equipamentos públicos de educação, saúde e cultura da cidade de São Paulo. Muitas indagações emergem no desenvolvimento dos projetos e a potencialização das ações e reflexões sobre as intervenções se dão a partir da problematização da complexidade das linhas ético-políticas que se delineiam nas novas paisagens do cenário sociocultural. É objetivo deste projeto desenvolver um estudo integrado das ações desenvolvidas e acompanhadas no âmbito do ensino, da pesquisa e da extensão à comunidade do Laboratório de Estudos e Pesquisa Arte, Corpo e Terapia Ocupacional do Curso de Terapia Ocupacional da Universidade de São Paulo, e cartografar analisadores que serão trabalhados num processo escritural e disponibilizados numa reordenação da produção bibliográfica para fomentar criticamente a continuidade das ações em interface. Buscar-se-á enfocar na produção contemporânea temas, contextos e implicações na realização das ações e intervenções no campo artístico-cultural voltadas para populações em situação de vulnerabilidade social e suas contribuições para o campo da Terapia Ocupacional, das Artes e da Educação. São questões que envolvem a produção de saberes a partir de práticas atuais, que podem servir de referência para a continuidade de experiências e criar subsídios para fomentar políticas públicas voltadas para as ações na interface arte, produção da saúde e cultura e para o fortalecimento da participação sociocultural da população atendida. Trata-se de uma pesquisa intervenção, de caráter exploratório e avaliativo com procedimentos metodológicos diversificados e análises qualitativas do material pesquisado. Este projeto pretende afirmar uma política inventiva, que mantenha aberturas à multiplicidade que se desprende das experiências acompanhadas e de outras que a ela se aproximem. (AU)