Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise dos aspectos imaginológicos da osteonecrose dos maxilares associada ao uso de bisfosfonatos

Processo: 14/13055-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Radiologia Odontológica
Pesquisador responsável:Camila Lopes Cardoso
Beneficiário:Carolina Arrabal Barros
Instituição-sede: Pró-Reitoria de Pesquisa e Pós-Graduação. Universidade do Sagrado Coração (USC). Bauru , SP, Brasil
Assunto(s):Tomografia computadorizada de feixe cônico   Radiografia panorâmica   Difosfonatos

Resumo

A osteonecrose dos maxilares associada ao uso de bisfosfonatos (OMABF) é uma complicação bucal bastante discutida e explorada, sob o aspecto científico, atualmente. O conhecimento dos aspectos imaginológicos das OMABF é pouco citado na literatura, e é de valiosa importância, visto que alguns casos de OMABF podem ser assintomáticas, até mesmo ausentes de exposição óssea clínica, sendo o exame de imagem o único recurso diagnóstico. Assim como outras patologias ósseas, a OMABF deve ter seus aspectos bem definidos para o diagnóstico final e a detecção precoce de alterações pode favorecer o estabelecimento de um plano de prevenção. O objetivo deste trabalho é avaliar, retrospectivamente, os aspectos imaginológicos dos ossos maxilares com OMABF, correlacionando a extensão de seu envolvimento com variáveis: idade e gênero do paciente, tipo de doença sistêmica, tipo de bisfosfonato, tempo e modo de administração do bisfosfonato, estadiamento clínico e resultado do tratamento. A metodologia de análise será baseada no trabalho de Treister et al, 2009 e serão utilizadas radiografias panorâmicas e tomografias computadorizadas de feixe cônico de pacientes com o diagnóstico de OMABF. A hipótese neste estudo, é de que exista uma correlação importante entre os aspectos imaginológicos com as características clínicas sistêmicas e de evolução dos casos. A contribuição científica acrescentará à literatura, uma avaliação detalhada e conclusões importantes a respeito de prevenção e prognóstico da OMABF.