Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação da via BMP-SMADs na célula beta pancreática como moduladora da secreção de insulina estimulada por glicose

Processo: 14/06840-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina - Clínica Médica
Pesquisador responsável:Silvana Auxiliadora Bordin da Silva
Beneficiário:Priscilla Muniz Ribeiro da Silva
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Médicas (FCM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/07607-8 - CMPO - Centro Multidisciplinar de Pesquisa em Obesidade e Doenças Associadas, AP.CEPID
Assunto(s):Proteínas SNARE   Secreção de insulina   Peptídeos e proteínas de sinalização intracelular   Expressão gênica

Resumo

As BMPs (Bone Morphogenetic Protein) e seus receptores sao expressos em diferentes tipos celulares e estagios do desenvolvimento e crescimento, possuem amplo espectro de ação biológica e são dependentes do recrutamento intracelular das proteínas SMADs, de cofatores e da interaçao com outras vias de sinalização. As SMADs 1/5/8 são específicas da via das BMPs (denominadas BR-SMADs). Já foi descrita a expressão de diferentes SMADs nas ilhotas pancreáticas de humanos e roedores, e também a participação do receptor BMPR1A na secreção de insulina estimulada por glicose (GSIS). Dentre as BMPs destaca-se a BMP-9, sugerida como potencial alvo terapêutico para o diabetes mellitus tipo 2. Nosso grupo previamente demonstrou que (i) a expressão hepática e a maturação da BMP-9 diminuem em modelos de resistência à insulina (RI); (ii) a expressão de BMP-9 é depende da ação da insulina no fígado; e (iii) a sinalização da BMP-9 no músculo esquelético é atenuada na RI. Resultados não publicados mostraram que o silenciamento das BR-SMADs de células INS-1 com RNAi alterou a expressão de genes relacionados à extrusão de grânulos de insulina, em especial membros da familia SNARE. Embora haja evidências da importância da via da BMP-SMADs na função endócrina pancreática, seu mecanismo ainda não foi esclarecido. Este projeto visa ampliar o conhecimento dos eventos intracelulares regulados pela BMP-9, em especial a participação das diferentes BR-SMADs na regulação da expressão e atividade das proteínas SNAREs e na GSIS. Para tal utilizaremos células INS-1, células beta pancreáticas e ilhotas de ratos Wistar em diferentes metodologias, entre elas RIE, imunohistoquímica, transfecção com RNAi, ChIP assay, qPCR e Western Blot