Busca avançada
Ano de início
Entree

Filmes comestíveis à base de polpas de frutas e hortaliças adicionados de biopolímeros e reforçados com fibras de celulose miniaturizadas

Processo: 13/14366-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Luiz Henrique Capparelli Mattoso
Beneficiário:Caio Gomide Otoni
Instituição-sede: Embrapa Instrumentação Agropecuária. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Polímeros (materiais)   Filmes comestíveis   Polpa (fruto)   Hortaliças   Biopolímeros   Celulose   Miniaturização

Resumo

Os polímeros empregados na indústria de filmes para embalagens devem apresentar propriedades mecânicas e de barreira que garantam a conservação e aceitação do produto embalado. Por apresentarem baixo custo e satisfazerem tais exigências, polímeros obtidos por rotas petroquímicas são os mais utilizados. A crescente preocupação ambiental, contudo, impulsiona o desenvolvimento de alternativas ecológicas, como o uso de matérias-primas renováveis. Polissacarídeos como a celulose e seus derivados, podem ser combinados a polpas de frutas e hortaliças contendo em suas composições vitaminas, minerais e compostos antioxidantes, de modo a polimerizarem-se em filmes comestíveis com propriedades nutricionais e sensoriais diferenciadas. Além disso, destaca-se a possibilidade de aplicação do resíduo do processamento de frutas e hortaliças. Quando comparados aos polímeros sintéticos, no entanto, tais biopolímeros apresentam propriedades mecânicas e de barreira inferiores, motivo da adição de materiais de reforço, como as fibras de celulose. Quando miniaturizadas tais fibras são mais uniformemente distribuídas na matriz polimérica, evitando defeitos e aumentando a eficiência de reforço. Desta forma, propõe-se, com o presente trabalho, o estudo da miniaturização de fibras de celulose através de microfluidização, e sua adição em biocompósitos inovadores à base de hidroxipropilmetilcelulose adicionados de polpa de pêssego ou cenoura. Os filmes serão elaborados por casting e caracterizados no tocante das propriedades essenciais à suas aplicações comerciais, como mecânicas, de barreira, térmicas, estruturais e nutricionais. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FRANCO, GIULIANA T.; OTONI, CAIO G.; LODI, BEATRIZ D.; LOREVICE, V, MARCOS; DE MOURA, MARCIA R.; MATTOSO, LUIZ H. C. Escalating the technical bounds for the production of cellulose-aided peach leathers: From the benchtop to the pilot plant. Carbohydrate Polymers, v. 245, OCT 1 2020. Citações Web of Science: 0.
OTONI, CAIO G.; LODI, BEATRIZ D.; LOREVICE, MARCOS V.; LEITAO, RENATO C.; FERREIRA, MARCOS D.; DE MOURA, MARCIA R.; MATTOSO, LUIZ H. C. Optimized and scaled-up production of cellulose-reinforced biodegradable composite films made up of carrot processing waste. INDUSTRIAL CROPS AND PRODUCTS, v. 121, p. 66-72, OCT 1 2018. Citações Web of Science: 5.
OTONI, CAIO G.; LOREVICE, MARCOS V.; DE MOURA, MARCIA R.; MATTOSO, LUIZ H. C. On the effects of hydroxyl substitution degree and molecular weight on mechanical and water barrier properties of hydroxypropyl methylcellulose films. Carbohydrate Polymers, v. 185, p. 105-111, APR 1 2018. Citações Web of Science: 5.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.