Busca avançada
Ano de início
Entree

Estruturação e evolução da biota Amazônia e seu ambiente: uma abordagem integrativa

Processo: 14/14782-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Convênio/Acordo: NSF - Dimensions of Biodiversity e BIOTA
Pesquisador responsável:Lúcia Garcez Lohmann
Beneficiário:Juan Pablo Narváez-Gómez
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/50260-6 - Estruturação e evolução da biota amazônica e seu ambiente: uma abordagem integrativa, AP.BTA.TEM
Assunto(s):Biogeografia   Evolução biológica   Amazônia

Resumo

Nós propomos fazer uma nova síntese evolutiva sobre a biodiversidade amazônica que visa responder 11 questões chave utilizando 4 grupos modelo como base (borboletas, plantas, aves, e primatas): Pergunta 1 visará um melhor entendimento dos padrões de distribuição na Amazônia. Desenvolveremos o maior banco de dados georreferenciado para plantas vasculares Amazônicas e vertebrados terrestres disponível até hoje e utilizaremos estas informações para responder questões fundamentais sobre padrões de distribuição da biodiversidade. Pergunta 2 focará nas associações entre os padrões de distribuição definidos anteriormente e na relação entre estes padrões e variáveis bióticas e abióticas. Pergunta 3 investigará como a diversidade de espécies está organizada em diferentes escalas geográficas e em padrões de distribuição comuns (endemismos). Em seguida, investigaremos a história da diversidade Amazônica através das perguntas 4 & 5. Enquanto a pergunta 4 envolverá um melhor entendimento da história filogenética das espécies nos grupos de interesse, a pergunta 5 focará nos padrões temporais de diversificação destas linhagens. Integraremos estes dados na pergunta 6, de forma a entender a história paleobiogeográfica dos nossos quatro grupos de interesse na Amazônia. A integração das respostas destas perguntas nos fornecerá um conhecimento essencial para um melhor entendimento da origem da estruturação ecológica em diferentes escalas espaciais e nos ajudará a resolver incertezas sobre os padrões e processos de diversificação nesta região. Em seguida, estudaremos a história de mudanças ambientais. Pergunta 7 focará no uso de padrões históricos demográficos e filogeográficos, análises genéticas e modelagem ambiental para inferir padrões de estabilidade ou mudanças desde o Neógeno Tardio. Pergunta 8 focará em aspectos geológicos e utilizará novas informações estratigráficas para nos ajudar a resolver incertezas sobre a história paleogeográfica dos sistemas de drenagem da Amazônia e da Amazônia terrestre, particularmente no Oeste desde o Neógeno Tardio, quando o Mundo se tornou mais seco e úmido, e os efeitos do clima se tornaram mais fortes. Questão 9 utilizará de forma integrada, dados paleobiogeográficos, genético-demográficos, e geológicos para entender a ecologia e ambientes passados da Amazônia. A partir destes estudos poderemos examinar a evolução da diversidade estrutural e das paisagens funcionais dos ambientes da Amazônia em diferentes escalas espaciais. Questão 10 utilizará metodologias de macroecologia, sensoriamento remoto, e modelagem climática-atmosférica para entender a relação entre a função dos ecossistemas e a diversidade dos ecossistemas ao longo do tempo. Finalmente, questão 11 nos permitirá entender o papel da história da Amazônia para mudanças globais nos ciclos biogeoquímicos. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.