Busca avançada
Ano de início
Entree

Estabelecimento de banco de células primárias para geração de hiPSCs

Processo: 14/14216-8
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Humana e Médica
Pesquisador responsável:Marco Antonio Zago
Beneficiário:Giselle Siqueira da Silva
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/08135-2 - CTC - Centro de Terapia Celular, AP.CEPID
Assunto(s):Eritroblastos   Efeitos colaterais e reações adversas relacionados a medicamentos

Resumo

Esta pesquisa tem como base, estudos realizados na Inglaterra e nos Estados Unidos que, demostram o elevado número de pacientes que são admitidos nos hospitais com severas reações adversas a drogas, evoluindo a óbito. Cerca de 10% das drogas testadas e aprovadas são licenciadas sem comprovação da sua eficácia na população dos países em desenvolvimento, para o qual são vendidas, essa porcentagem baseia-se nas populações gerais na Europa e no Estados Unidos, onde elas têm uma base de eficácia de 30%. O estabelecimento de uma biblioteca celular, que represente a diversidade genética de uma população especifica, pode ser uma forma alternativa de testar drogas para esta população antes dos ensaios clínicos. Este projeto pretende estabelecer uma biblioteca de hiPS que represente a heterogeneidade da população brasileira para ser utilizada em estudos in vitro de toxicidade e respostas a drogas. Para isso serão coletadas e criopreservadas células mononucleadas do sangue periférico de participantes do projeto ELSA (Estudo Longitudinal da Saúde do Adulto) entre novembro de 2012 a novembro de 2014. (AU)