Busca avançada
Ano de início
Entree

Desenvolvimento de uma ferramenta computacional para simulação do desempenho térmico de tubos de calor

Processo: 14/14701-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Mecânica - Engenharia Térmica
Pesquisador responsável:Cristiano Bigonha Tibirica
Beneficiário:Danilo de Camargos Retucci
Instituição-sede: Escola de Engenharia de São Carlos (EESC). Universidade de São Paulo (USP). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Condensação   Mudança de fase   Evaporação

Resumo

Esta proposta de pesquisa de Iniciação Científica se insere em uma série de projetos envolvendo a transferência de calor com mudança de fase em trocadores de calor compactos atualmente em execução pelo Grupo de Transferência de Calor e Massa do Departamento de Engenharia Mecânica da Escola de Engenharia de São Carlos - USP. Tubos de calor são dispositivos passivos operando com mudança de fase e tem recebido grande atenção em aplicações de trocadores de calor compactos pela sua capacidade de transferir calor com alta eficiência e baixo custo de operação. Nesse sentido, esta proposta de pesquisa tem o objetivo de desenvolver uma ferramenta computacional que permita avaliar o desempenho térmico de diferentes tipos de tubos de calor que possam ser utilizados em trocadores de calor compactos. Entre os parâmetros avaliados estarão a resistência térmica total e as curvas limites de operação dos tubos de calor. O cálculo destes parâmetros será baseado em uma ampla revisão bibliográfica do estado da arte de desempenho térmico de tubos de calor, os quais fornecerão os modelos a serem implementados na ferramenta. Características de geometria, de material do tubo e do fluido serão usadas como dados de entrada que caracterizarão os tubos de calor modelados. Esta ferramenta permitirá avaliar aplicações aos quais tubos de calor sejam recomendados, auxiliará a validação de novos modelos e correlações propostas na literatura e servirá de fonte de referência de modelos de cálculo de desempenho térmicos de tubos de calor.