Busca avançada
Ano de início
Entree

Identificação de regiões genômicas envolvidas no controle do teor de ferro e zinco em feijão comum via mapeamento associativo

Processo: 14/06647-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Agronomia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Maria Lúcia Carneiro Vieira
Beneficiário:Augusto Lima Diniz
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Diversidade genética   Técnicas de genotipagem

Resumo

O feijão faz parte dos alimentos tradicionais consumidos pela população brasileira, sendo relevante principalmente por seu conteúdo energético e proteico. Além disso, também é considerado uma excelente fonte de nutrientes essenciais como ferro e zinco, fundamentais para o crescimento humano. O feijão tem sido uma cultura estratégica e alvo de ações de biofortificação para aumentar a quantidade desses nutrientes na dieta, sendo que o germoplasma de feijão possui variabilidade suficiente para essa finalidade. Além disso, a seleção de genótipos com alto teor de ferro e zinco poderá ser igualmente efetiva para o aumento no teor de outros nutrientes, uma vez que correlações positivas e significativas foram detectadas. A identificação de genótipos superiores e das regiões gênicas envolvidas no processo de aquisição e acúmulo desses minerais deve contribuir para o incremento da qualidade nutricional de novas cultivares. A estratégia adotada para a identificação e consequente localização dessas regiões tem sido feita através da análise de ligação, gerando mapas a partir de populações endogâmicas. Porém, o mapeamento associativo é uma estratégia alternativa capaz de explorar uma variabilidade genética mais ampla, proporcionando uma maior resolução na identificação de regiões genômicas de interesse. Neste contexto, objetiva-se detectar, a partir da abordagem de mapeamento associativo, locos envolvidos no controle do teor de ferro e zinco em grãos de feijão comum visando melhor entender o processo de aquisição e acúmulo desses minerais. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
DINIZ, AUGUSTO LIMA; GIORDANI, WILLIAN; COSTA, ZIRLANE PORTUGAL; MARGARIDO, GABRIEL R. A.; PERSEGUINI, JULIANA MORINI K. C.; BENCHIMOL-REIS, LUCIANA L.; CHIORATO, ALISSON F.; GARCIA, ANTONIO AUGUSTO F.; CARNEIRO VIEIRA, MARIA LUCIA. Evidence for Strong Kinship Influence on the Extent of Linkage Disequilibrium in Cultivated Common Beans. GENES, v. 10, n. 1 JAN 2019. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.