Busca avançada
Ano de início
Entree

Ambiências rurais e prática pedagógica: aprofundamento teórico-metodológico

Processo: 14/16172-8
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 15 de outubro de 2014
Vigência (Término): 14 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia
Pesquisador responsável:Ana Paula Soares da Silva
Beneficiário:Ricardo Lana Pinheiro
Supervisor no Exterior: Jean-Paul Thibaud
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Local de pesquisa : École Nationale Supérieure d'Architecture de Grenoble (ENSAG), França  
Vinculado à bolsa:14/01628-6 - Constituição do sujeito professor do campo e apropriação do espaço rural, BP.DR
Assunto(s):Pesquisa qualitativa   Psicologia ambiental

Resumo

Este projeto de estágio no exterior tem como objetivo o aprofundamento da compreensão teórica da relação homem/ambiente e de metodologias qualitativas para estudo dessa relação. A pesquisa de doutorado à qual se vincula investiga a relação entre a constituição do sujeito professor de escolas do campo, através de sua prática docente, e a apropriação do espaço em que atuam - o espaço rural. O método utilizado na pesquisa de doutorado prevê a utilização de entrevistas individuais, percursos comentados e observação da prática docente. O estágio será realizado sob a supervisão do professor Jean-Paul Thibaud, que se notabiliza por estudos sobre ambiência e metodologias para sua investigação. Entre as metodologias, o método de percurso comentado, proposto para a coleta de dados do doutorado, foi desenvolvido por Thibaud e colegas de seu laboratório de pesquisa. As principais atividades previstas para o estágio são a realização de estudos da bibliografia referente aos temas discutidos por Thibaud e seu grupo e a realização de reuniões de supervisão individuais e em grupo. Na análise, buscaremos articular conceitos propostos pelo professor Thibaud e seu grupo à nossa pesquisa de doutorado, tanto no aspecto teórico, analisando a perspectiva de ambiência, dentre outros temas sugeridos pelo professor, quanto no aspecto metodológico, revisando os procedimentos e instrumentos propostos em nossa pesquisa. Espera-se que o estágio promova uma densidade teórico-conceitual à compreensão da relação dos professores com o ambiente rural, assim como uma preparação teórico-metodológica para a coleta dos dados. (AU)