Busca avançada
Ano de início
Entree

O Monumento à Independência de Ettore Ximenes e o intercâmbio artístico entre Brasil e Itália

Processo: 14/14185-5
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 18 de outubro de 2014
Vigência (Término): 01 de abril de 2015
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Arquitetura e Urbanismo - Fundamentos de Arquitetura e Urbanismo
Pesquisador responsável:Paulo César Garcez Marins
Beneficiário:Michelli Cristine Scapol Monteiro
Supervisor no Exterior: Barbara Cinelli
Instituição-sede: Faculdade de Arquitetura e Urbanismo (FAU). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : Università degli Studi Roma Tre, Itália  
Vinculado à bolsa:13/08905-2 - São Paulo na disputa pelo passado: o Monumento à Independência de Ettore Ximenes como lugar de memória, BP.DR
Assunto(s):História urbana

Resumo

O tema da minha pesquisa acadêmica é o processo de estabelecimento da colina do Ipiranga, sobretudo do Monumento à Independência, como "lugar de memória" da emancipação política brasileira. O monumento foi resultado de um concurso público feito no contexto das comemorações do Centenário da Independência, portanto, em um momento de recriação das identidades nacionais diante da nova conjuntura política brasileira, proporcionada pelo advento da República. Este projeto de estágio de pesquisa no exterior, a ser realizado na Itália, pretende contribuir para um ponto fundamental da minha pesquisa de Doutorado, que é entender o que haveria motivado a escolha pela obra de Ettore Ximenes. Para tanto, é imprescindível compreender a trajetória desse artista italiano, quem foram seus mestres, as obras que ele realizou na Itália e as possíveis conexões delas com o monumento em questão. Além disso, pretende-se analisar a circulação da obra em revistas e periódicos italianos. Acredita-se que o estudo dessas questões contribuirá para o entendimento da importância de eleger Ximenes como vencedor do concurso e como essa escolha ajudou para a criação do "lugar de memória" da Independência, que revela um amplo projeto de afirmação da cidade de São Paulo como centro simbólico do país. (AU)

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.