Busca avançada
Ano de início
Entree

Detoxificação e degradação de petróleo e óleo diesel por consórcios microbianos de origem marinha

Processo: 14/13205-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Lara Durães Sette
Beneficiário:Lidia de Azevedo Duarte
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro , SP, Brasil
Assunto(s):Biorremediação   Desintoxicação   Degradação de resíduos químicos   Petróleo   Óleo diesel   Consórcios microbianos   Ecossistemas marinhos   Poluentes ambientais

Resumo

A alta atividade industrial e a utilização do petróleo como principal recurso energético atual são alguns dos fatores que colaboram com a frequente liberação dos Hidrocarbonetos Policíclicos aromáticos (HPAs) no ambiente. A utilização de hidrocarbonetos como fonte de carbono e energia por micro-organismos demanda a existência de enzimas capazes de converter as complexas moléculas dos HPAs em intermediários comuns das suas rotas catabólicas, as quais são geralmente associadas às enzimas do sistema ligninolítico, dioxigenases, monoxigenases (citocromo P450) e epóxido hidrolases. Adicionalmente, apesar da escassez de estudos, tem sido descrita a utilização de micro-organismos lipolíticos na degradação do petróleo e seus derivados. Neste contexto, o objetivo deste trabalho é analisar a detoxificação e degradação de amostras de petróleo bruto e óleo diesel, a partir da inclusão de duas leveduras lipolíticas marinhas da Antártica, um fungo marinho lipolítico da costa brasileira e um fungo marinho lipolítico da Antártica, no melhor consórcio microbiano detoxificador de HPA selecionado no âmbito do projeto de doutorado de Gabriela Licursi Vieira em desenvolvimento na UNESP/Rio Claro. A avaliação da detoxificação dos compostos estudados será realizada por meio da análise de toxicidade aguda em Microtox e o consórcio selecionado será submetido aos experimentos para determinação das condições ótimas de detoxificação do petróleo bruto e óleo diesel. Posteriormente, serão avaliadas: (i) a degradação do petróleo bruto e/ou óleo diesel através de análise em cromatografia líquida clássica e cromatógrafo de gás acoplado ao espectrômetro de massas, e (ii) a produção enzimática durante o processo de degradação/detoxificação. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
DUARTE, Lidia de Azevedo. Detoxificação de petróleo e óleo diesel por consórcios microbianos de origem marinha. 2016. 96 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Instituto de Biociências (Campus de Rio Claro)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.