Busca avançada
Ano de início
Entree

Avaliação dos mecanismos de resistência aos betalactâmicos em isolados clínicos de Burkholderia cenocepacia recuperados de hemocultura

Processo: 14/12224-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 22 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ana Cristina Gales
Beneficiário:Lorena Cristina Corrêa Fehlberg
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Complexo Burkholderia cepacia

Resumo

Os betalactâmicos, juntamente com trimetoprim/sulfametoxazol, são considerados os antimicrobianos de escolha para o tratamento das infecções causadas por espécies pertencentes ao Complexo Burkholderia cepacia (CBc), sendo seu espectro de ação satisfatório tanto em pacientes com fibrose cística, como aqueles acometidos por outras infecções causadas por estas bactérias. Entretanto, isolados do CBc resistentes aos betalactâmicos não são raros de ser encontrados no ambiente hospitalar. Este fato é preocupante, uma vez que, muitas vezes, pacientes com fibrose cística tornam-se colonizados por um longo tempo por cepas do CBc e a erradicação destas cepas dentro do ambiente hospitalar é difícil de ser alcançada, sendo o cenário mais complicado quando se trata de cepas resistentes. Sabemos que, dentre os mecanismos que causam resistência aos betalactâmicos em bacilos Gram negativos, a produção de betalactamases é o mais importante deles, ou, pelo menos, o mecanismo mais estudado mundialmente. As proteínas ligadoras de penicilina, também conhecidas como PBPs, possuem uma função vital para a célula bacteriana e, por esta razão, constituem o alvo de ação para muitas classes de antimicrobianos, incluindo todos os betalactâmicos. Estudos tem levantado a hipótese de que essas proteínas possuem um papel importante na resistência e na patogenia de isolados clínicos de Pseudomonas aeruginosa e Acinetobacter baumanni. Entretanto, pouco, ou quase nada, se sabe sobre o papel das betalactamases e das PBPs na resistência aos betalactâmicos em isolados clínicos do CBc. O objetivo principal deste estudo é tentar compreender a real contribuição da penicilinase Pen, já descrita em alguns isolados do CBc em outras localidades do mundo, e das PBPs na resistência aos betalactâmicos em isolados clínicos de B. cenocepacia recuperados de hemoculturas de pacientes admitidos em um hospital universitário nos últimos dez anos. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORDEIRO-MOURA, JHONATHA RODRIGO; CORREA FEHLBERG, LORENA CRISTINA; NODARI, CAROLINA SILVA; DE MATOS, ADRIANA PEREIRA; ALVES, VINICIUS DE OLIVEIRA; CAYO, RODRIGO; GALES, ANA CRISTINA. Performance of distinct phenotypic methods for carbapenemase detection: The influence of culture media. DIAGNOSTIC MICROBIOLOGY AND INFECTIOUS DISEASE, v. 96, n. 1 JAN 2020. Citações Web of Science: 0.
MARTINS, WILLAMES M. B. S.; NARCISO, ANA CLARA; CAYO, RODRIGO; SANTOS, STEFANIE VANESSA; FEHLBERG, LORENA C. C.; RAMOS, PATRICIA LOCOSQUE; DA CRUZ, JOAO BATISTA; GALES, ANA CRISTINA. SPM-1-producing Pseudomonas aeruginosa ST277 clone recovered from microbiota of migratory birds. DIAGNOSTIC MICROBIOLOGY AND INFECTIOUS DISEASE, v. 90, n. 3, p. 221-227, MAR 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.