Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise proteômica confirmatória de um painel de biomarcadores seminais de alterações funcionais dos espermatozoides e de estresse oxidativo seminal

Processo: 14/11493-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 21 de setembro de 2017
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Medicina
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ricardo Pimenta Bertolla
Beneficiário:Paula Intasqui Lopes
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/18867-6 - Validação de um painel de biomarcadores protéicos em espermatozóides de homens férteis e inférteis, BE.EP.DR
Assunto(s):Acrossomo   Estresse oxidativo   Mitocôndrias   Biomarcadores   Sêmen

Resumo

A análise seminal convencional, utilizada rotineiramente durante a investigação de infertilidade conjugal, possui baixa sensibilidade e poder preditivo, tornando fundamental a identificação de novos métodos diagnósticos de infertilidade masculina. Tendo em vista que as alterações funcionais dos espermatozoides e o estresse oxidativo seminal são considerados os principais mecanismos associados à infertilidade, sua avaliação pode fornecer informação adicional sobre o potencial fértil masculino. Nesse sentido, um estudo anterior do nosso laboratório realizou a análise proteômica do plasma seminal de homens normozoospérmicos e identificou um painel de biomarcadores de alterações funcionais dos espermatozoides e de estresse oxidativo seminal. A fim de prosseguir com esse estudo, o objetivo deste projeto é validar esses biomarcadores como potencial método diagnóstico de alterações na atividade mitocondrial, de defeitos no acrossoma, de fragmentação do DNA dos espermatozoides e de altos níveis seminais de peroxidação lipídica. A validação será realizada em três coortes: (I) coorte de validação, com amostras seminais provenientes do estudo realizado anteriormente pelo nosso grupo e agrupadas de acordo com a integridade funcional dos espermatozoides e com o nível seminal de peroxidação lipídica (n=114), (II) coorte de confirmação prospectiva, com amostras de pacientes normozoospérmicos e sem fatores clínicos de infertilidade e (III) coorte de confirmação prospectiva em diferentes condições biológicas (varicocele, obesidade e tabagismo). Para a avaliação dos biomarcadores, serão utilizadas as técnicas de ELISA ou de western blot. Para as coortes prospectivas, a integridade funcional dos espermatozoides e o nível seminal de peroxidação lipídica também serão analisados. Para a comparação entre os grupos, será utilizado o teste t de Student para amostras não pareadas e análise estatística multivariada. Com esses resultados, espera-se identificar biomarcadores seminais efetivos de alterações funcionais dos espermatozoides e de estresse oxidativo seminal, os quais poderão ser utilizados no diagnóstico de infertilidade masculina. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CAMARGO, MARIANA; INTASQUI, PAULA; BERTOLLA, RICARDO PIMENTA. Understanding the seminal plasma proteome and its role in male fertility. BASIC AND CLINICAL ANDROLOGY, v. 28, JUN 4 2018. Citações Web of Science: 9.
INTASQUI, PAULA; BERTOLLA, RICARDO P.; SADI, MARCUS VINICIUS. Prostate cancer proteomics: clinically useful protein biomarkers and future perspectives. EXPERT REVIEW OF PROTEOMICS, v. 15, n. 1, p. 65-79, 2018. Citações Web of Science: 7.
CAMARGO, MARIANA; INTASQUI, PAULA; BERTOLLA, RICARDO PIMENTA. Proteomic profile of seminal plasma in adolescents and adults with treated and untreated varicocele. ASIAN JOURNAL OF ANDROLOGY, v. 18, n. 2, p. 194-201, MAR-APR 2016. Citações Web of Science: 15.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.