Busca avançada
Ano de início
Entree

A arquitetônica da divulgação científica nas Conferências Populares da Glória (séc. XIX)

Processo: 14/09509-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2015
Área do conhecimento:Linguística, Letras e Artes - Linguística - Teoria e Análise Lingüística
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Sheila Vieira de Camargo Grillo
Beneficiário:Urbano Cavalcante da Silva Filho
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (FFLCH). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Divulgação científica   Análise do discurso

Resumo

O objetivo desta pesquisa é analisar a arquitetônica da divulgação científica do século XIX. Para fundamentar teoricamente o trabalho, buscar-se-á as reflexões advindas da teoria dialógica da linguagem do Círculo de Bakhtin, pelo fato de que, para o Círculo, o enunciado é encarado como produto da interação verbal, determinado tanto por uma situação material concreta como pelo contexto mais amplo que constitui o conjunto das condições de vida de uma dada comunidade linguística. Dessa forma, mobilizando conceitos de esfera, gênero discursivo, relações dialógicas, enunciado, sujeito, autoria, forma, material e conteúdo, todos eles perpassados pela dimensão do ato ético/responsivo do sujeito divulgador nessa esfera de atividade humana, serão analisadas as relações axiológico-dialógicas interdiscursivas e interativas construídas no espaço de tensão entre esses enunciados. Essa pesquisa pretende mostrar, à luz dos pressupostos da teoria bakhtiniana, como o horizonte social influencia a produção discurso e perceber a maneira como os valores científicos, estéticos, políticos, éticos, sociais, além das relações espaço-temporais e de conteúdo-sentido, são refletidas e refratadas no discurso da divulgação científica desse período, pois é nessa conjectura dialógica que o sujeito age ético-axiologicamente no processo interacional dentro da realidade histórico-social. A análise da arquitetônica da divulgação científica recairá sobre a materialização nos enunciados concretos das Conferências Populares da Glória, atividade de divulgação científica ocorrida no Rio de Janeiro na segunda metade do século XIX, considerada como uma das mais representativas atividades do início da história das ciências do Brasil, cuja meta era divulgar o conhecimento científico entre a camada letrada da cidade do Rio de Janeiro, pois se acreditava que, para que o país alcançasse o patamar de civilizado, tendo os países europeus como referência, era necessário o conhecimento das ciências. Ancorado na Metalinguística, este trabalho não pretende analisar o enunciado concreto exclusivamente sob o prisma linguístico, com análise dos fenômenos puramente da língua; antes, está em jogo a percepção da relação desses enunciados com os horizontes socioculturais e semântico-axiológicos em que são produzidos. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
FILHO, Urbano Cavalcante da Silva. A arquitetônica da divulgação científica nos enunciados das Conferências Populares da Glória (Séc. XIX). 2017. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Filosofia, Letras e Ciências Humanas São Paulo.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.