Busca avançada
Ano de início
Entree

Variação de redes planta-polinizador e pares de interações no espaço e no tempo

Processo: 14/01594-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia de Ecossistemas
Pesquisador responsável:Leonor Patricia Cerdeira Morellato
Beneficiário:Daniel Wisbech Carstensen
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Rio Claro. Rio Claro, SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):15/03275-6 - Prevendo a variação espacial e temporal em redes de interação de espécies, BE.EP.PD

Resumo

A aplicação da teoria de redes em ecologia trouxe grandes avanços no estudo de comunidades e interações bióticas ao longo dos últimos vinte anos. Mais recentemente, reconhecendo que tais redes não são estáticas, aumentou o foco das as pesquisas nesse campo na sua dinâmica. Os avanços mais atuais estão centrados especialmente na dinâmica temporal das redes, mostrando que a variação ao longo do tempo na composição de espécies e na identidade das interações é realmente alta. No entanto, a variabilidade desta rede no espaço e os efeitos combinados do espaço e tempo em sua dinâmica permanecem pouco exploradoas. Neste projeto, proponho utilizar uma base de dados recém coletada, em conjunto com dados a serem coletados durante o projeto, para avançar neste campo. Proponho estudar em detalhes as estruturas das redes formadas por comunidades inteiras de plantas e seus polinizadores, bem como os determinantes dos padrões de visitação em nível populacional. Neste contexto, procuro responder o que determina a identidade das interações entre especies de plantas e seus polinizadores, e como a variação temporal e espacial na escala fina afeta as estruturas de rede e padrões de visitação. Especificamente, eu pergunto: 1) O que determina a variação de interações planta-polinizador no espaço? 2) Como é que mudanças temporais da fenologia numa escala fina influenciam os padrões de visitação de polinizadores? 3) Como tempo e o espaço interagem e afetam as interações planta-polinizador? Os resultados desse projeto serão relevantes para guiar medidas mais efetivas de conservação, que incluam interações entre espécies, bem como contribuir para a conservação e gestão dos serviços ecossistêmicos baseados nas interações bióticas.

Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.