Busca avançada
Ano de início
Entree

Biocompatibilidade e potencial de mineralização de cimentos à base de silicato tricálcico: estudo in vitro e in vivo

Processo: 14/13353-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Odontologia - Endodontia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Mario Tanomaru Filho
Beneficiário:Aline Silva Andrade
Instituição-sede: Faculdade de Odontologia (FOAr). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Assunto(s):Teste de biocompatibilidade   Cimentos endodônticos   Silicato tricálcico   Agregado trióxido mineral   Bioatividade   Citotoxicidade

Resumo

Os cimentos endodônticos à base de silicato de cálcio têm merecido destaque. O objetivo do presente estudo será avaliar o comportamento biológico e potencial de formação de tecido mineralizado do material experimental silicato tricálcico com 20% de óxido de zircônia e MTA Plus. Para tanto, células osteoblásticas humanas SAOS-2 (ATCC HTB-85) serão utilizadas para análise da citotoxidade celular por meio de ensaio de MTT e da bioatividade por meio da atividade da enzima fosfatase alcalina e da presença de depósitos de cálcio através da coloração de vermelho de alizarina. Além disso, a reação tecidual provocada pelos diferentes materiais no subcutâneo de 60 ratos será avaliada. Tubos de polietileno preenchidos com os materiais (silicato tricálcico + 20% de óxido de zircônio, MTA Plus) serão implantados e tubos de polietileno vazios serão utilizados como controle. Decorridos os períodos de 7, 15, 30 e 60 dias, os animais serão eutanasiados com sobredose anestésica e o implante contendo tecido conjuntivo adjacente será removido, fixado e, posteriormente, incluído em parafina. Alguns cortes do tecido subcutâneo serão aderidos a lâminas de vidro e corados com hematoxilina de Carazzi e eosina (H&E) para realização das análises morfológica e morfométrica do número de células inflamatórias/mm2. Outros cortes aderidos a lâminas silanizadas serão utilizados para a realização das reações imunohistoquímicas para detecção de interleucina-6 e osteocalcina. O método de von Kossa será executado para identificação de possíveis estruturas calcificadas na cápsula adjacente aos implantes. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
TANOMARU-FILHO, M.; ANDRADE, A. S.; RODRIGUES, E. M.; VIOLA, K. S.; FARIA, G.; CAMILLERI, J.; GUERREIRO-TANOMARU, J. M. Biocompatibility and mineralized nodule formation of Neo MTA Plus and an experimental tricalcium silicate cement containing tantalum oxide. International Endodontic Journal, v. 50, n. 2, SI, p. E31-E39, DEC 2017. Citações Web of Science: 14.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
ANDRADE, Aline Silva. Biocompatibilidade e bioatividade de cimentos à base de silicato tricálcico : estudo in vitro e in vivo. 2016. 74 f. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual Paulista "Júlio de Mesquita Filho" Faculdade de Odontologia (Campus de Araraquara)..

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.