Busca avançada
Ano de início
Entree

Novas perspectivas funcionais de uma serinoprotease de Crotalus durissus collilineatus: ação sobre canais iônicos dependentes de voltagem

Processo: 14/16182-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Pós-Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Eliane Candiani Arantes Braga
Beneficiário:Johara Boldrini França
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/23236-4 - Toxinas animais nativas e recombinantes: análise funcional, estrutural e molecular, AP.TEM
Bolsa(s) vinculada(s):15/16714-8 - Novas perspectivas funcionais de uma serinoprotease de Crotalus durissus collilineatus: atividade sobre canais iônicos dependentes de voltagem, BE.EP.PD
Assunto(s):Canais iônicos   Toxicologia

Resumo

A complexidade e variedade de alvos fisiológicos com as quais as toxinas de peçonha de serpentes interagem fazem destas, importantes candidatas para modelos no desenvolvimento de novos fármacos e ferramentas biológicas. As peçonhas de serpentes da família Viperidae são ricas fontes de enzimas proteolíticas que exercem diversas atividades biológicas na presa ou vítima, como ativação do sistema complemento e inflamação, alterações na diferenciação celular, interações com o sistema hemostático, entre outros. As serinoproteases de peçonha de serpentes (SVSPs - Snake Venom Serine Protease) atuam principalmente sobre proteínas plasmáticas, gerando uma diversidade de alterações fisiológicas com efeitos sobre a agregação plaquetária, coagulação sanguínea, fibrinólise, pressão sanguínea, sistema complemento e sistema nervoso. No entanto, a complexidade dos mecanismos pelos quais as SVSPs afetam a homeostasia da vítima não foi, até o momento, completamente esclarecida. Diante disso, o presente projeto tem por objetivo buscar novas perspectivas sobre a funcionalidade de uma SVSP de Crotalus durissus collilineatus, denominada collineina-1, com o intuito de ampliar os possíveis campos de aplicação dessa classe de toxinas. Dentro desse contexto, neste projeto é a proposta a investigação da ação da collineina-1, nas formas nativa, recombinante e mutante, sobre diferentes canais iônicos dependentes de voltagem. A collineina-1 nativa será purificada da peçonha por um método cromatográfico previamente descrito e a enzima recombinante será expressa em Pichia pastoris nas formas cataliticamente ativa e inativa (apresentando uma mutação na His43 da tríade catalítica por uma Arg43), de acordo com protocolo previamente padronizado. As toxinas serão testadas quanto a sua ação sobre diferentes canais iônicos dependentes de voltagem (Kv e Nav) expressos em oócitos de Xenopus laevis por ensaios de eletrofisiologia. Os mecanismos pelos quais a collineina-1 atua sobre os canais iônicos dependente de voltagem serão então investigados por ensaios de eletrofisiologia utilizando a toxina cataliticamente inativa e por testes de reversibilidade do bloqueio ou modulação do canal. Os canais iônicos desempenham importantes funções celulares como excitação de nervos e células musculares, regulação da pressão sanguínea, mobilidade e capacitação de espermatozoides e modulação da proliferação de células tumorais. Apesar da importância desses canais, são poucas as toxinas de serpentes estudadas quanto à ação sobre canais iônicos, o que reforça a importância do estudo proposto na busca de novas toxinas moduladoras ou bloqueadoras desses canais com potencial para serem aplicadas em diversas áreas da ciência e/ou saúde.

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
BOLDRINI-FRANCA, JOHARA; PINHEIRO-JUNIOR, ERNESTO LOPES; ARANTES, ELIANE CANDIANI. Functional and biological insights of rCollinein-1, a recombinant serine protease from Crotalus durissus collilineatus. Journal of Venomous Animals and Toxins including Tropical Diseases, v. 25, APR 8 2019. Citações Web of Science: 0.
DE OLIVEIRA, ISADORA SOUSA; CARDOSO, IARA AIME; FIGUEIREDO BORDON, KARLA DE CASTRO; IMAI CARONE, SANTE EMMANUEL; BOLDRINI-FRANCA, JOHARA; PUCCA, MANUELA BERTO; ZOCCAL, KARMA FURLANI; FACCIOLI, LUCIA HELENA; SAMPAIO, SUELY VILELA; ROSA, JOSE CESAR; ARANTES, ELIANE CANDIANI. Global proteomic and functional analysis of Crotalus durissus collilineatus individual venom variation and its impact on envenoming. JOURNAL OF PROTEOMICS, v. 191, n. SI, p. 153-165, JAN 16 2019. Citações Web of Science: 5.
AMORIM, FERNANDA GOBBI; CORDEIRO, FRANCIELLE ALMEIDA; PINHEIRO-JUNIOR, ERNESTO LOPES; BOLDRINI-FRANCA, JOHARA; ARANTES, ELIANE CANDIANI. Microbial production of toxins from the scorpion venom: properties and applications. Applied Microbiology and Biotechnology, v. 102, n. 15, p. 6319-6331, AUG 2018. Citações Web of Science: 0.
PINHEIRO-JUNIOR, ERNESTO LOPES; BOLDRINI-FRANCA, JOHARA; PIRES DE CAMPOS ARAUJO, LUCIANA MATTOSO; SANTOS-FILHO, NORIVAL ALVES; BENDHACK, LUSIANE MARIA; CILLI, EDUARDO MAFFUD; ARANTES, ELIANE CANDIANI. LmrBPP9: A synthetic bradykinin-potentiating peptide from Lachesis muta rhombeata venom that inhibits the angiotensin-converting enzyme activity in vitro and reduces the blood pressure of hypertensive rats. Peptides, v. 102, p. 1-7, APR 2018. Citações Web of Science: 4.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.