Busca avançada
Ano de início
Entree

Consequências dos dois tipos de estresse de derrota social (episódica vs. contínua) sobre o efeito estimulante do etanol e sobre os níveis de monoaminas e corticosterona

Processo: 14/14623-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Farmacologia - Neuropsicofarmacologia
Pesquisador responsável:Isabel Marian Hartmann de Quadros
Beneficiário:Cristiane Aparecida Favoretto
Instituição-sede: Escola Paulista de Medicina (EPM). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus São Paulo. São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Neurobiologia   Transtornos relacionados ao uso de substâncias   Álcool   Dopamina   Monoaminas biogênicas   Corticosterona   Modelos animais de doenças

Resumo

Em humanos assim como em modelos animais, a exposição crônica ao estresse parece alterar de maneira persistente e duradoura os comportamentos, a fisiologia neuroendócrina, e o funcionamento do sistema nervoso central dos indivíduos. Desta forma, o estresse é considerado um importante fator de vulnerabilidade para doenças neuropsiquiátricas, abuso e dependência de drogas. A derrota social é um modelo animal que tem sido usado para o estudo do estresse social e suas consequências comportamentais, neurais e endócrinas, particularmente em ratos e camundongos. No entanto, dois protocolos diferentes de derrota social (episódica vs. contínua) parecem promover efeitos neuroquímicos e comportamentais distintos, e até opostos, particularmente no que se refere aos efeitos de drogas psicoestimulantes. O presente projeto visa avaliar e comparar as consequências da exposição repetida ao estresse de derrota social (derrota episódica vs. derrota contínua) sobre o efeito estimulante do etanol em camundongos suiços machos. O estudo também avaliará possíveis alterações dos níveis de corticosterona plasmática e dos níveis de monoaminas em regiões encefálicas específicas, relacionadas às vias neurais de recompensa e de motivação, em animais que passaram pelos dois tipos de derrota social. Serão realizados dois experimentos com camundongos que passarão pelo protocolo de derrota social episódica (experimento 1) ou contínua (experimento 2), e posteriormente serão testados para avaliação do efeito estimulante do etanol. Amostras de sangue serão coletadas para dosagem do hormônio relacionado ao estresse, corticosterona, e ao final do teste com etanol, os encéfalos serão coletados para posterior dosagem de monoaminas por HPLC, em regiões de interesse.

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FAVORETTO, CRISTIANE A.; NUNES, YASMIN C.; MACEDO, GIOVANA C.; ROCHA LOPES, JANAINA SILVA; HARTMANN QUADROS, ISABEL M. Chronic social defeat stress: Impacts on ethanol-induced stimulation, corticosterone response, and brain monoamine levels. JOURNAL OF PSYCHOPHARMACOLOGY, v. 34, n. 4 JAN 2020. Citações Web of Science: 0.
FAVORETTO, CRISTIANE A.; MACEDO, GIOVANA C.; QUADROS, ISABEL M. H. Effects of ethanol on social avoidance induced by chronic social defeat stress in mice. STRESS-THE INTERNATIONAL JOURNAL ON THE BIOLOGY OF STRESS, v. 20, n. 1, p. 68-74, 2017. Citações Web of Science: 7.
HARTMANN QUADROS, ISABEL MARIAN; MACEDO, GIOVANA CAMILA; DOMINGUES, LIZ PAOLA; FAVORETTO, CRISTIANE APARECIDA. An Update on CRF Mechanisms Underlying Alcohol Use Disorders and Dependence. FRONTIERS IN ENDOCRINOLOGY, v. 7, OCT 21 2016. Citações Web of Science: 12.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.