Busca avançada
Ano de início
Entree

Filmes automontados de argila montmorilonita e ftalocianina metálica para detecção de dopamina

Processo: 14/12937-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de março de 2016
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Materiais Não-metálicos
Pesquisador responsável:Marystela Ferreira
Beneficiário:Nathália Cozza de Lucena
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais não metálicos   Filmes automontados   Ftalocianinas   Polianilina   Argilas   Dopamina   Bentonita   Voltametria cíclica   Técnica de automontagem   Análise espectroscópica

Resumo

Através da técnica de automontagem camada por camada (do inglês, Layer-by-Layer, LbL) serão fabricados filmes nanoestruturados, compostos por tricamadas formadas de argila montmorilonita (poliânion), PEI (polietilenoimina) (policátion) e ftalocianina metálica sulfonada (poliânion). Os filmes serão depositados sobre substratos sólidos (quartzo, silício e ito), através de adsorção física via atração eletrostática. O material nanocompósito será caracterizado por técnicas espectroscópicas tais como UV-Vis e FTIR; eletroquímica (voltametria cíclica, voltametria de onda quadrada). Nesse projeto visamos à aplicação desses filmes em sensores de dopamina e seus interferentes determinando os parâmetros analíticos tais como sensibilidade e limite de detecção. As melhores condições de fabricação dos filmes (arquitetura, número de bicamadas, concentração de analito, temperatura, entre outros) serão investigadas visando à obtenção do melhor sensor.