Busca avançada
Ano de início
Entree

Revisão taxonômica, filogenia e biogeografia de Astraea Klotzsch (Euphorbiaceae)

Processo: 13/26501-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 01 de maio de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Botânica - Taxonomia Vegetal
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Inês Cordeiro
Beneficiário:Otávio Luis Marques da Silva
Instituição-sede: Instituto de Botânica. Secretaria do Meio Ambiente (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/06171-2 - História evolutiva e biogeográfica de Astraea Klotzsch (Crotoneae, Euphorbiaceae) e relações filogenéticas dentro de Crotoneae, BE.EP.DR
Assunto(s):Euphorbiaceae   Filogenia   Evolução vegetal   Morfologia vegetal

Resumo

A família Euphorbiaceae é considerada um grande desafio taxonômico devido ao seu elevado número de espécies, extraordinária diversidade morfológica e ampla distribuição geográfica. Com 6300 espécies em 246 gêneros, é uma das maiores famílias de angiospermas e a maior da ordem Malpighiales, na qual encontra-se atualmente classificada. No Brasil, está especialmente bem representada pela tribo Crotoneae, principalmente pelo grande gênero Croton. Um outro gênero pertencente a tribo é Astraea, até pouco tempo atrás considerado uma seção de Croton, mas que, com base em dados moleculares e morfológicos, foi recentemente reconhecido como um gênero. Astraea conta com aproximadamente 10 espécies, ocorrendo em vegetações abertas e matas ciliares na região neotropical, principalmente no Brasil. Apesar de ser aparentemente monofilético, as relações entre suas espécies, bem como a circunscrição das mesmas, são ainda pouco resolvidas. Assim, o presente projeto tem como objetivo inferir uma filogenia para o gênero, e com base nela interpretar sua história biogeográfica e a evolução de seus caracteres morfológicos, além de avaliar a circunscrição de suas espécies, identificando novos caracteres morfológicos diagnósticos para as mesmas. (AU)

Publicações científicas (4)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
MARQUES DA SILVA, OTAVIO LUIS; DIAS, PEDRO; RIINA, RICARDA; CORDEIRO, INES. Redelimitation of Astraea lobata (Euphorbiaceae) and other taxonomic rearrangements in Astraea. PHYTOTAXA, v. 404, n. 4, p. 127-136, MAY 21 2019. Citações Web of Science: 0.
SECCO, RICARDO DE S.; MARQUES DA SILVA, OTAVIO LUIS; CORDEIRO, INES. A new combination in Sagotia (Euphorbiaceae) with an updated key for the genus. PHYTOTAXA, v. 394, n. 3, p. 225-229, MAR 1 2019. Citações Web of Science: 0.
OTÁVIO LUIS MARQUES DA SILVA; MARIA BEATRIZ ROSSI CARUZO; INÊS CORDEIRO. An updated synopsis of Astraea Klotzsch (Crotoneae, Euphorbiaceae) for the State of São Paulo, Brazil. Hoehnea, v. 46, n. 3, p. -, 2019.
KULKAMP, JOSIMAR; MARQUES DA SILVA, OTAVIO LUIS; VALDUGA, EDUARDO; VIEIRA IGANCI, JOAO RICARDO; CORDEIRO, INES; BAUMGRATZ, JOSE FERNANDO A. First record of Euphorbia pedersenii Subils (Euphorbiaceae) for Brazil. PHYTOTAXA, v. 379, n. 4, p. 287-292, DEC 4 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.