Busca avançada
Ano de início
Entree

Participação dos ácidos graxos de cadeia curta e seu receptor (GPR43) na resposta imune em modelo de monoinfecção por Aggregatibacter actinomycetemcomitans

Processo: 14/02560-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de agosto de 2014
Vigência (Término): 31 de janeiro de 2017
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Fisiologia - Fisiologia Geral
Pesquisador responsável:Marco Aurélio Ramirez Vinolo
Beneficiário:Renan Oliveira Corrêa
Instituição-sede: Instituto de Biologia (IB). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:12/10653-9 - Envolvimento dos ácidos graxos de cadeia curta e seu receptor (GPR43) na resposta imune a bactérias anaeróbias in vivo e in vitro, AP.JP
Bolsa(s) vinculada(s):15/14105-4 - Papel das modificações epigenéticas induzidas pelos AGCCs em células epiteliais intestinais, BE.EP.MS
Assunto(s):Fenômenos fisiológicos celulares   Ácidos graxos voláteis   Bactérias anaeróbias   Resposta imune   Macrófagos   Neutrófilos

Resumo

Os ácidos graxos de cadeia curta (AGCCs), butirato, propionato e acetato, são produtos oriundos da fermentação das fibras alimentares pelas bactérias anaeróbias no trato gastrointestinal. Esses compostos, além de constituírem importante substrato energético, têm diversas ações no organismo incluindo regulação da diferenciação celular, proliferação, apoptose e ativação da resposta inflamatória/imune. Parte dessas ações decorre da ligação dos AGCCs a receptores acoplados à proteína G, dentre os quais o GPR43, receptor de membrana expresso em células do sistema imune, principalmente, neutrófilos. É comprovado o envolvimento do GPR43 no efeito quimiotático dos AGCCs em neutrófilos e de sua participação no recrutamento destas células em condições inflamatórias, como na doença inflamatória intestinal e artrite reumatoide. No entanto, o entendimento acerca dos mecanismos de atuação deste receptor e de sua relevância em quadros infecciosos por bactérias anaeróbias (produtoras de AGCCs) ainda é bastante limitado. Assim sendo, nossa proposta é a de testar a interferência dos AGCCs na migração e função efetora de leucócitos em resposta à monoinfecção com Aggregatibacter actinomycetemcomitans in vivo, utilizando para tanto o modelo da câmara subcutânea. Especificamente, serão avaliadas citocinas e mediadores inflamatórios, recrutamento de leucócitos, capacidade de killing das bactérias, bem como a expressão de marcadores inflamatórios nesse modelo. Além disso, verificaremos a participação do receptor GPR43 nos efeitos observados utilizando animais knockouts para GPR43 e, dependendo dos resultados obtidos, em camundongos quimeras (animais selvagens transplantados com medula óssea de animais knockouts e vice versa).

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CORREA, RENAN OLIVEIRA; FACHI, JOSE LUIS; VIEIRA, ALINE; SATO, FABIO TAKEO; VINOLO, MARCO AURELIO R. Regulation of immune cell function by short-chain fatty acids. CLINICAL & TRANSLATIONAL IMMUNOLOGY, v. 5, APR 2016. Citações Web of Science: 159.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.