Busca avançada
Ano de início
Entree

Perspectivas da cultura de segurança do paciente em instituições hospitalares

Processo: 14/06191-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 01 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Enfermagem
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Carmen Silvia Gabriel
Beneficiário:Sabrina de Souza Elias Mikael
Instituição-sede: Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto (EERP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):14/23721-8 - Perspectivas da cultura de segurança do paciente em instituições hospitalares, BE.EP.MS
Assunto(s):Segurança do paciente   Hospitais   Cultura organizacional   Pesquisa sobre serviços de saúde   Qualidade da assistência à saúde   São Paulo

Resumo

Quase um em cada dez pacientes é lesionado ao receber cuidados de saúde e, destes, muitos sofrem lesões incapacitantes ou morte todos os anos. A falta de segurança causa 42.7 milhões de eventos adversos no mundo por ano, sendo que desse total dois terços ocorrem nos países em desenvolvimento. Entendendo a importância e o impacto negativo das falhas na segurança do paciente em âmbito global e a influência que a cultura de segurança exerce sobre a adoção de ações e decisões mais seguras, este estudo pretende analisar a cultura de segurança do paciente em instituições hospitalares, por meio da mensuração do clima de segurança. Trata-se de pesquisa quantitativa, transversal, do tipo survey, onde para a realização da coleta de dados será aplicado o Questionário de Atitudes de Segurança, adaptação transcultural para o Brasil do Safety Attitudes Questionnaire (SAQ) - Short Form 2006. O estudo ocorrerá em dois hospitais gerais do estado de São Paulo, localizados em diferentes regiões metropolitanas, sendo o primeiro público e o segundo privado. Os profissionais da equipe de enfermagem, os médicos, os fisioterapeutas, os farmacêuticos e os nutricionistas, não terceirizados, que atuam nesses hospitais por pelo menos um ano, serão a população deste estudo. Dentro dessa população será calculada uma amostra estatisticamente significativa por meio de sorteio, empregando-se a amostragem aleatória simples computadorizada com um cálculo de proporcionalidade entre as categorias profissionais citadas. Para análise dos dados será obtido um intervalo de confiança com nível de confiança de 0,95 e erro de estimativa de 0,08; será também usado o teste T de student com amostras independentes e por fim, será usada ANOVA com medidas repetidas seguido de comparações múltiplas (post hoc). Neste sentido, esse trabalho propõe-se a diagnosticar e avaliar qual o estado atual da cultura de segurança do paciente segundo a percepção dos profissionais. (AU)

Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
MIKAEL, Sabrina de Souza Elias. Percepção do clima de segurança do paciente em instituições hospitalares. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade de São Paulo (USP). Escola de Enfermagem de Ribeirão Preto Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.