Busca avançada
Ano de início
Entree

Eucalipto e comunidades: uma perspectiva social da influência de plantios florestais sobre a vazão de riachos

Processo: 14/14366-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 30 de novembro de 2018
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Silvio Frosini de Barros Ferraz
Beneficiário:Clarissa de Araujo Barreto
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):17/01192-1 - Eucalipto e comunidades: silvicultura e vazão de riachos em uma perspectiva social, BE.EP.DR
Assunto(s):Eucalipto   Hidrologia   Percepção ambiental

Resumo

O eucalipto, espécie florestal pertencente ao gênero Eucalyptus, é uma das espécies mais utilizadas em plantios florestais mundialmente e a mais utilizada no Brasil. Conflitos envolvendo o seu plantio são relatados em vários países, incluindo o Brasil. Entre os motivos ambientais destes conflitos, a redução da vazão dos cursos de água é um dos recorrentes. Nesse sentido, pretende-se investigar as percepções que comunidades rurais vizinhas a plantios de eucalipto possuem em relação à influência deles na vazão dos cursos de água locais considerando aspectos sociais, econômicos, políticos e ambientais das regiões onde elas estão inseridas a fim de contextualizar e compreender tais percepções e relacioná-las com o conhecimento atual sobre a influência do eucalipto na vazão de cursos de água. Dessa forma, pretende-se compreender as origens e a existência de fundamentação científica nessas percepções, o que pode subsidiar pesquisas em hidrologia florestal e promover melhorias no manejo florestal. A fim de alcançar esse objetivo, entrevistas semiestruturadas serão realizadas em dois municípios, um deles no Vale do Paraíba e o outro no Vale do Jequitinhonha. O roteiro da entrevista contemplará variáveis utilizadas em estudos de percepção ambiental, os quais, assim como esse abordam as percepções referentes a aspectos do meio ambiente. Os dados das entrevistas serão categorizados, terão sua frequência medida e serão analisados estatisticamente por meio da regressão logística múltipla e de modelos log-lineares. As informações dos municípios complementarão as análises. (AU)