Busca avançada
Ano de início
Entree

Células solares híbridas baseadas em perovskitas

Processo: 14/13666-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Ana Flávia Nogueira
Beneficiário:Rodrigo Szostak
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Assunto(s):Energia solar   Células solares   Perovskita

Resumo

O aumento da demanda energética, ao longo dos últimos anos, vem crescendo substancialmente, devido ao aumento populacional e a grande dependência por energia elétrica. A energia solar fotovoltaica é uma fonte renovável e promissora para suprir as necessidades globais de energia. Desde 2009, perovskitas do tipo CH3NH3PbX3(X=Cl, Br ou I) tem sido utilizada em células solares devido ao seu ótimo desempenho, batendo recordes de eficiência, atingindo valores próximos de 18%. As propriedades deste material ainda são pouco conhecidas, mas apesar disto, elas são promissoras para a produção de dispositivos de baixo custo e alta eficiência. Desta maneira, o presente projeto de mestrado tem o objetivo de introduzir estudos sobre perovskitas do tipo CH3NH3PbX3 em células solares no Laboratório de Nanotecnologia e Energia Solar (LNES) da UNICAMP. Inicialmente a deposição da perovskita CH3NH3PbI3, sobre o eletrodo poroso de TiO2 será otimizada. Os parâmetros concentração de iodeto de chumbo (PbI2), velocidade de deposição de PbI2 por spin coating, concentração de iodeto de metil amônio (CH¬3NH3I) em isopropanol e tempo de dipping serão variados com o objetivo de otimizar a deposição. Posteriormente serão preparados eletrodos porosos de TiO2 recobertos com os óxidos Al2O3, MgO, Nb2O5 ou SrTiO3 pelo método sol-gel com o objetivo de reduzir a recombinação entre a perovskita e o condutor de buraco spiro-OMeTAD (2,22,7,72-tetraquis(N,N2-di-p-metoxifenilamina)-9,92-spirobifluoreno) e assim promover um aumento na eficiência dos dispositivos. As características morfológicas e estruturais serão acompanhadas pelas técnicas de difração de raios-x, microscopia de força atômica, microscopia eletrônica de varredura, energia dispersiva de raios-x, e as características fotovoltaicas e de transferência de carga serão acompanhadas pela obtenção de curvas de corrente contra tensão no escuro e sob iluminação, curvas de eficiência quântica em função do comprimento de onda, espectroscopia de emissão de fluorescência, espectroscopia na região do UV-Vis., espectroscopia de absorção transiente e espectroscopia de impedância eletroquímica. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SZOSTAK, RODRIGO; CASTRO, JHON A. P.; MARQUES, ADRIANO S.; NOGUEIRA, ANA F. Understanding perovskite formation through the intramolecular exchange method in ambient conditions. JOURNAL OF PHOTONICS FOR ENERGY, v. 7, n. 2 APR-JUN 2017. Citações Web of Science: 4.
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
Células solares híbridas baseadas em perovskitas. 2016. Dissertação de Mestrado - Universidade Estadual de Campinas. Instituto de Química.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.