Busca avançada
Ano de início
Entree

Síntese e caracterização de hidróxidos duplos lamelares constituídos de metais essenciais para encapsulamento de fármacos

Processo: 14/15900-0
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de dezembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Exatas e da Terra - Química - Química Inorgânica
Pesquisador responsável:Vanessa Roberta Rodrigues da Cunha
Beneficiário:Mariana Pires Figueiredo
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo , SP, Brasil
Assunto(s):Materiais híbridos   Naproxeno   Ácido mefenâmico   Hidróxidos duplos lamelares   Portadores de fármacos

Resumo

Os Hidróxidos Duplos Lamelares (HDLs) possuem características que os elegem como candidatos potenciais para o encapsulamento de espécies de interesse farmacológico, tais como biocompatibilidade, promoção da liberação sustentada em função de sua dissolução em decorrência de ataque ácido ou de reação de troca iônica, e aumento da solubilidade de substâncias pouco solúveis em água. Uma das classes de fármacos mais estudadas na formação de materiais híbridos com HDLs é a dos anti-inflamatórios não esteroidais (AINES). Ao intercalar os AINES ao HDL, é observada a diminuição dos efeitos colaterais, uma vez que os HDLs são potentes antiácidos, e o aumento da biodisponibilidade desses fármacos. A possibilidade dos HDLs proporcionarem a liberação controlada em locais específicos do organismo faz com que a atividade terapêutica seja potencializada, sendo necessária a ingestão de menores quantidades do medicamento.Neste projeto, pretende-se investigar a síntese de HDLs constituídos apenas por metais essenciais para o organismo, visando facilitar a metabolização de carregadores de fármacos. Para tanto serão preparados HDLs de composição M2+/Fe3+ (onde M = Mg, Ca ou Zn) e razão molar igual a 2. Pretende-se, também, após explorar as condições sintéticas ideais para obtenção de HDLs na forma cloreto com pureza cristalográfica, intercalar os ânions derivados dos AINES naproxeno e ácido mefenâmico. Os HDLs serão obtidos pelo método one-pot a pH constante, a partir da adição da mistura de soluções aquosas dos cloretos metálicos à solução do ânion a ser intercalado. O sólido isolado poderá, se necessário, sofrer tratamento térmico pós-síntese. Todos os materiais sintetizados serão caracterizados por técnicas estruturais (difratometria de raios X), espectroscópicas (eletrônica e vibracional), texturais (medidas de área superficial, tamanho médio de partículas e potencial Zeta) e térmicas (TGA-DSC-MS), além de análise elementar. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
FIGUEIRECLO, MARIANA P.; CUNH, VANESSA R. R.; LEROUX, FABRICE; TAVIOT-GUEHO, CHRISTINE; NAKAMAE, MARTA N.; KANG, YE R.; SOUZA, RODRIGO B.; MARTINS, ANA MARIA C. R. P. F.; JUN KOH, IVAN HONG; CONSTANTINO, VERA R. L. Iron-Based Layered Double Hydroxide Implants: Potential Drug Delivery Carriers with Tissue Biointegration Promotion and Blood Microcirculation Preservation. ACS OMEGA, v. 3, n. 12, p. 18263-18274, DEC 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.