Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo in situ da cinética de transformação e a estabilidade térmica da austenita em Aços Avançados de Alta Resistência com efeito TRIP

Processo: 14/20844-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 01 de fevereiro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia de Materiais e Metalúrgica - Metalurgia Física
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Mei
Beneficiário:Julian David Escobar Atehortua
Instituição-sede: Faculdade de Engenharia Mecânica (FEM). Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP). Campinas , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/13466-6 - Estudo correlativo por tomografia de sonda atômica e microscopia eletrônica de transmissão nas interfaces M/A, B/A e precipitados após tratamentos térmico in situ para aço inoxidável supermartensítico e aço avançado de alta resistência com efeito TRIP, BE.EP.DR
Assunto(s):Radiação síncrotron   Difração por raios X   Mudança de fase

Resumo

Os aços avançados de alta resistência (AAAR) com plasticidade induzida por transformação, ou efeito TRIP, são amplamente usados na indústria automotiva devido ao balanço entre elevada resistência mecânica, excelente conformabilidade e baixo custo. Para conferir efeito TRIP aos AAAR, é necessário conduzir tratamentos isotérmicos que visam estabilizar a austenita à temperatura ambiente, permitindo obter a chamada austenita retida (Ar). Para superar as elevadas exigências de conformabilidade na produção de elementos de carroceria, é necessário garantir não só uma adequada quantidade de Ar, mas também alta estabilidade mecânica, resultando numa alta taxa de encruamento. Por outro lado, a estabilidade térmica da Ar também é importante devido ao aquecimento associado aos processos de secagem da pintura ou galvanização, onde esta fase pode sofrer decomposição, influenciando a performance final do material. Assim, através do uso simultâneo de difração de raios-x (DRX) oriundos de uma fonte sincrotron e simulação termomecânica, na instalação XTMS do LNNano-LNLS, objetiva-se estudar em tempo real a cinética de formação e decomposição de austenita durante o tratamento térmico e reaquecimento dos AAAR com efeito TRIP com matriz ferrítica. Ainda, o uso de técnicas convencionais e avançadas de caracterização que incluem microscopia eletrônica de varredura e transmissão, e tomografia de sonda atômica, suportarão o estudo dos aspectos fundamentais de transformações de fase difusivas e martensíticas. Os resultados científicos obtidos facilitarão a posterior otimização de condições industriais de processamento destes materiais.

Publicações científicas (5)
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CONDE, F. F.; ESCOBAR, J. D.; OLIVEIRA, J. P.; JARDINI, A. L.; BOSE FILHO, W. W.; AVILA, J. A. Austenite reversion kinetics and stability during tempering of an additively manufactured maraging 300 steel. ADDITIVE MANUFACTURING, v. 29, OCT 2019. Citações Web of Science: 0.
ESCOBAR, J. D.; FARIA, G. A.; MAIA, E. L.; OLIVEIRA, J. P.; BOLL, T.; SEILS, S.; MEI, P. R.; RAMIREZ, A. J. Fundamentals of isothermal austenite reversion in a Ti-stabilized 12Cr-6 Ni-2 Mo super martensitic stainless steel: Thermodynamics versus experimental assessments. ACTA MATERIALIA, v. 174, p. 246-259, AUG 1 2019. Citações Web of Science: 0.
ESCOBAR, J. D.; OLIVEIRA, J. P.; SALVADOR, C. A. F.; FARIA, G. A.; POPLAWSKY, J. D.; RODRIGUEZ, J.; MEI, P. R.; BABU, S. S.; RAMIREZ, A. J. Meta-equilibrium transition microstructure for maximum austenite stability and minimum hardness in a Ti-stabilized supermartensitic stainless steel. MATERIALS & DESIGN, v. 156, p. 609-621, OCT 15 2018. Citações Web of Science: 3.
ESCOBAR, J. D.; POPLAWSKY, J. D.; FARIA, G. A.; RODRIGUEZ, J.; OLIVEIRA, J. P.; SALVADOR, C. A. F.; MEI, P. R.; BABU, S. S.; RAMIREZ, A. J. Compositional analysis on the reverted austenite and tempered martensite in a Ti-stabilized supermartensitic stainless steel: Segregation, partitioning and carbide precipitation. MATERIALS & DESIGN, v. 140, p. 95-105, FEB 15 2018. Citações Web of Science: 9.
ESCOBAR, J. D.; FARIA, G. A.; WU, L.; OLIVEIRA, J. P.; MEI, P. R.; RAMIREZ, A. J. Austenite reversion kinetics and stability during tempering of a Ti stabilized supermartensitic stainless steel: Correlative in situ synchrotron x-ray diffraction and dilatometry. ACTA MATERIALIA, v. 138, p. 92-99, OCT 1 2017. Citações Web of Science: 22.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.