Busca avançada
Ano de início
Entree

Manejo de resíduos florestais e sua influência sobre a atividade microbiológica do solo

Processo: 14/11347-4
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de setembro de 2014
Vigência (Término): 28 de fevereiro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Florestais e Engenharia Florestal - Silvicultura
Pesquisador responsável:José Leonardo de Moraes Gonçalves
Beneficiário:Amanda Fernandes Franci
Instituição-sede: Escola Superior de Agricultura Luiz de Queiroz (ESALQ). Universidade de São Paulo (USP). Piracicaba , SP, Brasil
Assunto(s):Cultivo mínimo

Resumo

A importância do manejo dos resíduos florestais para as propriedades químicas, físicas e biológicas do solo é conhecida. No entanto, com a intensa pressão para utilização desses resíduos como fonte de energia, torna-se necessário se estabelecer um limite máximo para sua retirada e conhecer os efeitos de sucessivas rotações sob tais manejos. A biomassa microbiana é um bom indicador desse impacto, por possuir atividade influenciada por inúmeras condições bióticas e abióticas. O experimento, localizado em Itatinga - SP, sob Latossolo Vermelho-Amarelo de textura média, avaliará a influência de três diferentes estratégias de manejos de resíduos florestais (manutenção de todos os resíduos, manutenção apenas da serapilheira e remoção de todos os resíduos) na atividade microbiológica do solo. As avaliações serão realizadas no inverno (junho) e no verão (novembro), a partir da determinação dos teores de C e N da biomassa microbiana, da evolução de C-CO2, do quociente metabólico e do quociente microbiano. As análises serão submetidas aos testes f e LSD, por meio do programa estatístico SAS 9.1 for Windows.