Busca avançada
Ano de início
Entree

Caracterização fitoplanctônica com ênfase em cianobactérias em reservatórios com implantação de tanques rede para cultivo de tilápias

Processo: 14/19860-2
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Programa Capacitação - Treinamento Técnico
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Recursos Pesqueiros e Engenharia de Pesca - Aquicultura
Convênio/Acordo: Innovation Fund Denmark
Pesquisador responsável:Cacilda Thais Janson Mercante
Beneficiário:Andréa Sampaio Dias
Instituição-sede: Instituto de Pesca. Agência Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA). Secretaria de Agricultura e Abastecimento (São Paulo - Estado). São Paulo , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:13/50504-5 - Aperfeiçoamento da qualidade de peixes cultivados para consumo humano, AP.TEM
Assunto(s):Qualidade da água   Cianotoxinas   Fitoplâncton   Tilápia   Piscicultura

Resumo

Como a qualidade ambiental é atualmente um dos componentes fundamentais da competitividade no mercado internacional aquícola, o setor produtivo tem sido induzido a mover-se em direção à busca de sistemas de gestão ambiental. O objetivo final é estimular o setor produtivo a adotar Boas Práticas de Manejo (BPMs) com vistas a praticar uma aquicultura sustentável e competitiva que não prejudique o meio ambiente. A piscicultura tem importante papel social nas regiões com aptidão aquícola. Demanda mão-de-obra durante todo o ciclo produtivo e exige análises constantes da qualidade da água e controle sanitário. O interesse pelo cultivo das tilápias aumentou muito nos últimos anos. E mais recentemente a implantação do cultivo dessa espécie em tanques-rede tem-se mostrado excelente alternativa para o aproveitamento racional de represas, lagos e outros corpos d'água que apresentam dificuldades para a prática da piscicultura convencional. O desenvolvimento deste tipo de atividade produtiva apresenta riscos de deteriorar a qualidade e quantidade da água, podendo contribuir com o declínio da qualidade ambiental, social e econômica. A aplicação das boas práticas de manejo, juntamente com a compreensão das interações dos fatores físicos, químicos e biológicos, torna-se uma ferramenta útil direcionada a sustentabilidade, podendo contribuir na mitigação do impacto ambiental e no aumento da produtividade aquícola. O manejo inadequado em piscicultura geralmente acelera o processo de eutrofização, deteriorando a qualidade da água, principalmente pela administração de altas doses de ração e pela fertilização (orgânica ou inorgânica). Desse modo, a análise de parâmetros físicos, químicos e biológicos da água constitui importante ferramenta utilizada no monitoramento de qualidade das águas. Neste plano de atividades, que está vinculado ao projeto: Improved quality of cultured fish for human consumption, pretende-se caracterizar a comunidade fitoplanctônica, com ênfase nas cianobactérias nos locais de criação de tilápias confinados em tanques rede. As amostragens serão em 6 fazendas de criação e suas áreas controle totalizando 12 pontos repetidos semestralmente durante 3 anos. A apresentação dos resultados contemplará a listagem das espécies, a porcentagem de contribuição dos grupos, o cálculo de biomassa a partir do biovolume e a descrição de espécies estrategistas. O Instituto de Pesca possui uma carência muito grande no quadro de assistentes técnicos de pesquisa. Assim, a bolsa de treinamento técnico deverá proporcionar o auxílio da execução dos trabalhos relacionados a qualidade da água dos empreendimentos no que diz respeito a presença de espécies indicadoras ambientais destacando-se as cianobactérias as quais podem causar danos ambientais e na saúde dos peixes e consumidores. (AU)