Busca avançada
Ano de início
Entree

Combinação de química supramolecular e emulsões na síntese de catalisadores lamelares esfoliados

Processo: 14/12942-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2018
Área do conhecimento:Engenharias - Engenharia Química - Tecnologia Química
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Leandro Martins
Beneficiário:Mariana Veiga Rodrigues
Instituição-sede: Instituto de Química (IQ). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Araraquara. Araraquara , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/01590-4 - Combinação de química supramolecular e emulsões na síntese de catalisadores lamelares esfoliados, BE.EP.DR
Assunto(s):Zeolitas   Química supramolecular

Resumo

O emprego de catalisadores esfoliados tem destaque em reações que envolvam moléculas de alta massa molecular, por apresentarem acessibilidade aprimorada e sítios ácidos mais disponíveis. Entretanto, o método convencional para obtenção destes materiais envolve duas etapas entre expansão e esfoliação tornando-se complexo, além de apresentar desvantagens em relação ao catalisador final como severa dessilicação, perda de sítios ácidos e baixo rendimento. Na mesma tendência de aumento na aplicação de zeólitas hierárquicas, propõe-se aqui o desenvolvimento de um novo método para a obtenção de materiais com alta área específica e porosidade superior, sem perdas geradas pelos métodos convencionais de esfoliação. Este novo método consiste na síntese de zeólitas na presença de tensoativos organossilanos e parafinas com a proposta de formação de emulsão durante o processo, espera-se assim um método simples e de única etapa. Os catalisadores zeolíticos lamelares e modificados, com micro- e mesoporos, foram estudados no GPCat (Grupo de Pesquisa em Catálise - UNESP) na desidratação do glicerol e os resultados destacam a importância da acessibilidade e acidez nesta reação catalítica. A zeólita esfoliada ITQ-2 apresentou os melhores resultados em conversão apesar das perdas em acidez devido ao método de síntese. Assim, há uma motivação no desenvolvimento de um catalisador acessível com alta acidez que demonstre propriedades singulares em suas aplicações catalíticas. As zeólitas lamelares MWW e FER são as mais usuais no contexto de zeólitas 2D, com desempenho catalítico destacado em comparação com as puramente microporosas, e serão os materiais lamelares investigados nesta proposta. Algumas caracterizações estruturais e superficiais serão utilizadas para compreensão dos mecanismos envolvidos e avaliação do desempenho dos catalisadores, aplicando um amplo conjunto de técnicas experimentais. O desempenho dos materiais como catalisador ácido e suporte serão testados na reação de isomerização do n-hexano, reação modelo com objetivo na produção de isoparafínicos necessários no aumento da octanagem da gasolina. Os materiais serão impregnados com platina, um metal muito utilizado nesta reação, para melhor entendimento dos mecanismos e da utilização do material como suporte. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
RODRIGUES, MARIANA V.; OKOLIE, CHUKWUEMEKA; SIEVERS, CARSTEN; MARTINS, LEANDRO. Organosilane-Assisted Synthesis of Hierarchical MCM-22 Zeolites for Condensation of Glycerol into Bulky Products. Crystal Growth & Design, v. 19, n. 1, p. 231-241, JAN 2019. Citações Web of Science: 0.
RODRIGUES, MARIANA V.; VIEIRA, LUIZ H.; CAMPOS, GUILHERME P.; MARTINS, LEANDRO. Effect of different seed sources on the hydrothermal crystallization of MCM-22 zeolite catalysts. CrystEngComm, v. 20, n. 25, p. 3467-3475, JUL 7 2018. Citações Web of Science: 1.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.