Busca avançada
Ano de início
Entree

Vacinação de crianças e adolescentes em idade escolar contra a Influenza como estratégia para a prevenção da Influenza e suas complicações em idosos: revisão sistemática da literatura

Processo: 14/15793-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Saúde Coletiva - Medicina Preventiva
Pesquisador responsável:Edison Iglesias de Oliveira Vidal
Beneficiário:Monique Ferreira Catelli Mendes de Andrade
Instituição-sede: Faculdade de Medicina (FMB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Saúde do idoso   Idosos   Revisão sistemática   Influenza   Imunidade coletiva

Resumo

Introdução: Estima-se que as epidemias de influenza sazonais resultam em cerca de três a cinco milhões de casos graves de influenza e até 500.000 mortes no mundo a cada ano, sendo que mais de 90% das mortes relacionadas à influenza ocorrem em indivíduos idosos.Já está bem documentado que a resposta imune dos idosos à vacinação contra influenza é inferior à de adultos jovens e a efetividade da vacinação de idosos contra a influenza tem sido questionada recentemente. A estratégia de vacinar crianças em idade escolar contra influenza vem sendo sugerida como uma forma de contornar os prejuízos decorrentes da imunossenescência e proporcionar proteção indireta para idosos, já que crianças são importantes disseminadores de influenza em suas comunidades. Entretanto até o momento não há nenhuma revisão sistemática analisando especificamente a efetividade dessa estratégia para a prevenção de influenza e suas complicações em idosos. Sendo assim, propomos a presente revisão sistemática com o intuito de avaliar as evidências sobre a efetividade da estratégia de vacinação de crianças e adolescentes em idade escolar contra influenza para a prevenção da influenza e suas complicações em idosos. Métodos: Já foram realizadas buscas nas seguintes bases de dados: MEDLINE, EMBASE, Web of Science, Cochrane Library e LILACS. Adicionalmente serão pesquisadas as referências bibliográficas de todos os estudos selecionados; contataremos os autores de cada estudo incluído, especialistas na área e indústrias farmacêuticas em busca dados adicionais publicados ou não. A pesquisa por 'literatura cinzenta' também incluirá acesso às seguintes bases de dados: System for information on Grey Literature in Europe, the National Tecnhical Information Service, Clinical Trials.gov, e World Health Organization International Clinical Trials Registry Platform. O desfecho primário de interesse desta revisão é a mortalidade combinada por influenza ou pneumonia entre idosos. A avaliação da qualidade de ensaios clínicos incluídos utilizará o instrumento atualmente recomendado pela Colaboração Cochrane. A avaliação do risco de viés de estudos observacionais utilizará o instrumento de avaliação do Effective Public Health Practice Project. A força das evidências serão analisadas de acordo com o sistema GRADE (Grading of Recommendations Assessments, Developments and Evaluation). Além disso serão feitas inferências com base nos conceitos de "adequação, plausibilidade e probabilidade" propostos por Habicht, Victora e Vaughan para intervenções em Saúde Pública. Tanto o processo de seleção de estudos como a avaliação da sua qualidade serão realizados por dois pesquisadores de forma independente. Qualquer discordância entre os revisores será resolvida por discussão, com o envolvimento de um terceiro autor quando necessário.O protocolo desta revisão sistemática foi devidamente registrado na base PROSPERO (International Prospective Register of Systematic Reviews) sob o número CRD42014003292. Esperamos que os resultados desta revisão sirvam como subsídio para futuras pesquisas e políticas públicas contra a influenza no Brasil e no mundo.