Busca avançada
Ano de início
Entree

Tradução Para o Português e Adaptação Transcultural do Appearance Schemas Inventory - Revised (ASI-R) e do Multidimensional Body-Self Relations Questionnaire - Appearance Scales (MBSRQ-AS)

Processo: 14/09845-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Fundamentos e Medidas da Psicologia
Pesquisador responsável:Sebastião de Sousa Almeida
Beneficiário:Natasha Gomes Oliveira
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Inquéritos e questionários   Instrumentação   Imagem corporal

Resumo

A imagem corporal é a figura mental que temos da medida, dos contornos e forma de nosso corpo, e os sentimentos concernentes a essas características e às partes do nosso corpo. No Brasil ainda faltam instrumentos de avaliação deste constructo, sendo os trabalhos de tradução e adaptação de instrumentos muito importantes para ampliar as possibilidades de pesquisa nesta área no país. O objetivo deste estudo é traduzir para o português e adaptar dois questionários de avaliação da imagem corporal, o Appearance Schemas Inventory - Revised (ASI-R) e o Multidimensional Body-Self Relations Questionnaire - Appearance Scales (MBSRQ-AS), para serem usados no Brasil em homens e mulheres, maiores de 18 anos. Para os dois instrumentos serão feitas inicialmente três traduções (T1, T2 e T3) dos instrumentos originais. As traduções serão sintetizadas e uma única versão será redigida. Haverá uma avaliação da síntese por um comitê composto por cinco especialistas em imagem corporal. Na etapa de avaliação pelo público alvo, os participantes serão recrutados no campus da USP e orientados pela pesquisadora a responder os questionários e avaliar a clareza e nível de dificuldade de compreensão dos itens. A tradução reversa será realizada por dois tradutores, distintos daqueles que realizaram a primeira tradução, falantes nativos da língua original do instrumento, inglês, e falantes fluentes da língua portuguesa. Os dois tradutores se reunirão para fazer uma avaliação conjunta das versões TR1 e TR2 e elaboração de uma síntese final, resultando na tradução reversa dos dois instrumentos, que será submetida à avaliação do autor dos instrumentos originais. Com a finalização dos processos de adaptação, será iniciada a fase de avaliação das qualidades psicométricas das escalas - análise fatorial exploratória e confirmatória, validade de critério, validade convergente e validade discriminante e precisão (teste-reteste e a de Cronbach).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)