Busca avançada
Ano de início
Entree

Impacto da política de crédito rural na oferta agrícola e na demanda por insumos nas macrorregiões do Brasil

Processo: 14/18842-0
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Pesquisa
Vigência (Início): 05 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 04 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Sociais Aplicadas - Economia - Economias Agrária e dos Recursos Naturais
Pesquisador responsável:Eduardo Rodrigues de Castro
Beneficiário:Eduardo Rodrigues de Castro
Anfitrião: Marc Leon Nerlove
Instituição-sede: Centro de Ciências e Tecnologias para a Sustentabilidade (CCTS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). Sorocaba , SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Maryland, College Park, Estados Unidos  
Assunto(s):Política agrícola   Crédito rural   Insumos agrícolas

Resumo

O setor agropecuário brasileiro apresentou grandes avanços em termos da tecnologia utilizada, que vem resultando em aumentos de produtividade e propiciando a expansão da fronteira agrícola. Em função da grande extensão das áreas agrícolas do país existem diferenças estruturais entre as principais regiões produtoras. Além disso, apesar de o crédito rural ser distribuído conforme o valor da produção ao se considerar as macrorregiões, estudos indicam que ao se considerarem níveis de agregações territoriais mais desagregados, a distribuição tende a ser menos uniforme, o que pode influenciar na resposta à política. Sendo assim, questiona-se qual a resposta do setor agrícola à política de crédito rural e aos preços levando-se em conta as diferenças regionais existentes, no período recente. A pesquisa se baseia na dualidade aplicada à teoria da firma, em que se utiliza um modelo translog multi-produto e multi-insumo para estimar o impacto do dispêndio total na oferta de grãos e demanda por insumos. São utilizados dados estaduais para o período de 2001 a 2012 e dados municipais obtidos no Censo Agropecuário de 1995/96 e 2006. (AU)