Busca avançada
Ano de início
Entree

Processos de exploração de mundo no bebê, através de novas/velhas tecnologias

Processo: 14/13214-1
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Humanas - Psicologia - Psicologia do Desenvolvimento Humano
Pesquisador responsável:Katia de Souza Amorim
Beneficiário:Pedro Fernandez de Souza
Instituição-sede: Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto (FFCLRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Assunto(s):Realidade virtual   Era da informação   Desenvolvimento   Simbolismo

Resumo

As experiências do bebê em seu primeiro ano de vida são consideradas de extrema importância para seu desenvolvimento posterior. No que concerne à entrada do indivíduo no simbolismo, as experiências ativas do bebê durante a fase sensório-motora foram interpretadas como fundamentais. Piaget dá ênfase ao contato sensorial com o mundo, enquanto Wallon disserta sobre a importância dos relacionamentos sociais que o bebê estabelece desde o início da vida. Ambas as teorias, entretanto, foram formuladas em meados do século passado, e desde então a sociedade ocidental tem passado por várias mudanças tecnológicas. Essas mudanças dão-nos margens para levantar novos questionamentos. Com o advento de novas tecnologias, como a internet, o homem põe-se em contato com a realidade de maneiras novas e impensadas. Dadas essas alterações, pergunta-se neste estudo como fica a exploração de mundo (processo este subjacente a qualquer atividade simbólica) em bebês muito novos com acesso a novas tecnologias. Será feito um estudo de casos múltiplos descritivo, tendo como sujeitos dois bebês. Far-se-ão videogravações em ambientes naturalísticos; serão oferecidos ao bebê dois tipos de tecnologia (um mais recente, e outro mais tradicional). É a exploração de mundo feita a partir do contato com essas tecnologias que deverá ser gravada em vídeo. Será feito então um recorte de dados, e transcrição e análise microgenéticas dos mesmos, buscando sempre compreender os processos envolvidos no desenvolvimento, e não os seus produtos. Esse estudo se justifica por dar continuidade às pesquisas realizadas pelo CINDEDI. Além disso, compreender como o humano apreende o mundo nos nossos contextos atuais de implementação de tecnologias sofisticadas em diversas áreas da vida é de importância para a psicologia como um todo.