Busca avançada
Ano de início
Entree

Sistema reprodutor em Dromiidae: caracterização histoquímica e ultraestrutural dos espermatozóides e fluido seminal em Hypoconcha parasitica (Linnaeus, 1763)

Processo: 14/21294-5
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de outubro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Zoologia - Morfologia dos Grupos Recentes
Pesquisador responsável:Fernando Jose Zara
Beneficiário:Maria Alice Garcia Bento
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Agrárias e Veterinárias (FCAV). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Jaboticabal. Jaboticabal , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:10/50188-8 - Crustáceos decápodes: multidisciplinaridade na caracterização da biodiversidade marinha do estado de São Paulo (taxonomia, espermiotaxonomia, biologia molecular e dinâmica populacional) (Biodiversidade Marinha), AP.BTA.TEM
Assunto(s):Reprodução animal   Histologia animal   Genitália masculina   Decapoda   Brachyura   Crustacea   Microscopia eletrônica de transmissão

Resumo

Estudos com Hypoconcha parasitica abordam em geral a morfologia externa, desenvolvimento larval e a distribuição espacial. Porém, nota-se uma lacuna referente ao sistema reprodutor em Dromiidae, bem como no tocante aos de Hypoconchinae. Assim, o objetivo geral será descrever o sistema reprodutor masculino de H. parasitica e buscar características espermáticas para entender as relações de parentesco de Dromioidea. Os objetivos específicos são (1) classificar o testículo e descrever a espermatogênese neste Podotremata; (2) caracterizar histoquimicamente o fluido seminal e a formação dos espermatóforos (se houver); (3) descrever a ultraestrutura do espermatóforo e do espermatozoide, realizando a posteriori uma análise de semelhança comparativa com outras espécies de Dromioidea disponíveis na literatura. Machos adultos de H. parasitica serão coletados por meio de arrasto com barco de pesca camaroneira em Ubatuba- SP. Para a descrição histológica e histoquímica, o sistema reprodutor será processado para historesina e corado ao H-E e técnicas para polissacarídeos neutros, ácidos e proteínas. Para a caracterização ultraestrutural do espermatozoide, as amostras serão processadas de acordo com a rotina para microscopia eletrônica de transmissão em resina Epon-Araldite. Espera-se que o sistema reprodutor em Podotramata tenha testículo do tipo lobular, o qual é o mais comum em Brachyura, e que associado à produção de fluido seminal, os espermatozoides estejam empacotados em espermatóforos arredondados (coenospermicos), típicos desta infraordem. Adicionalmente, espera-se posicionar a ultraestrutura do espermatozoide de Hypoconchinae em relação à Dromiidae e as famílias de Dromioidea.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GARCIA BENTO, MARIA ALICE; LOPEZ GRECO, LAURA S.; ZARA, FERNANDO JOSE. Seminal fluid production and sperm packaging in dromiid crabs (Brachyura, Podotremata). ZOOLOGY, v. 132, p. 17-30, FEB 2019. Citações Web of Science: 2.
GARCIA BENTO, MARIA ALICE; MIRANDA, IVANA; MANTELATTO, FERNANDO LUIS; ZARA, FERNANDO JOSE. Comparative spermatozoal ultrastructure and molecular analysis in dromiid crabs and their phylogenetic implications for Dromiidae and Podotremata (Decapoda: Brachyura). ARTHROPOD STRUCTURE & DEVELOPMENT, v. 47, n. 6, p. 627-642, NOV 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.