Busca avançada
Ano de início
Entree

Efeito da LAAO de Calloselasma rhodostoma e Bothrops moojeni na maquinaria apoptótica de linhagens JAK2V617F positivas de neoplasias mieloproliferativas

Processo: 14/19127-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 31 de agosto de 2015
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Análise Toxicológica
Pesquisador responsável:Fabíola Attié de Castro
Beneficiário:Thaís Fontanezi Maciel
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Vinculado ao auxílio:11/23236-4 - Toxinas animais nativas e recombinantes: análise funcional, estrutural e molecular, AP.TEM
Assunto(s):Toxicologia   Apoptose   Doenças mieloproliferativas-mielodisplásicas   Venenos de serpentes   L-aminoácido oxidase

Resumo

As neoplasias mieloproliferativas (NMP) são doenças caracterizadas pela proliferação aumentada e resistência à apoptose das células da linhagem mielóide maduras. As linhagens celulares de neoplasias mieloproliferativas que estudaremos foram originadas de pacientes com a policitemia vera (PV) e trombocitemia essencial (TE) e apresentam a mutação na enzima Janus kinase 2 (JAK2). Essa mutação resulta em ativação exacerbada da atividade quinase da enzima JAK2 gerando alterações nas vias de sinalização celulares associadas à proliferação e morte celular. Apesar dos numerosos conhecimentos recentes acerca da patogênese dessas doenças, até o momento não foram descritos medicamentos eficazes para a terapia dos pacientes. Nesse contexto, novos tratamentos que envolvam a modulação da maquinaria apoptótica das células vem sendo estudados, como os venenos e toxinas de serpentes. O presente estudo determinará os potenciais efeitos da L-amino-ácido-oxidase de Calloselasma Rhodostoma e de Bothrops moojeni sobre à apoptose das linhagens SET-2 e HEL 92.1.7 obtidas de pacientes com neoplasias mieloproliferativas que apresentam a mutação JAK2. Os dados obtidos do desenvolvimento desse estudo poderão contribuir para a descrição de novos fármacos ou de adjuvantes para o tratamento de pacientes com NMP, já que no momento não existem terapias eficazes e curativas para essas doenças.

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
SARTIM, MARCO A.; PINHEIRO, MATHEUS P.; DE PADUA, RICARDO A. P.; SAMPAIO, SUELY V.; CRISTINA NONATO, M. Structural and binding studies of a C-type galactose-binding lectin from Bothrops jararacussu snake venom. Toxicon, v. 126, p. 59-69, FEB 2017. Citações Web of Science: 5.
CRISTIANE TAVARES; THAÍS MACIEL; SANDRA BURIN; LUCIANA AMBRÓSIO; SANDRO GHISLA; SUELY SAMPAIO; FABÍOLA CASTRO. l-Amino acid oxidase isolated from Calloselasma rhodostoma snake venom induces cytotoxicity and apoptosis in JAK2V617F-positive cell lines. Revista Brasileira de Hematologia e Hemoterapia, v. 38, n. 2, p. 128-134, Jun. 2016.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.
Mapa da distribuição dos acessos desta página
Para ver o sumário de acessos desta página, clique aqui.