Busca avançada
Ano de início
Entree

Triagem de inibidores das enzimas DHODHs de tripanossomatídeos em Asteraceae empregando metabolômica aliada a métodos in silico

Processo: 14/01443-6
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2018
Área do conhecimento:Ciências da Saúde - Farmácia - Farmacognosia
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Fernando Batista da Costa
Beneficiário:Lucas Apolinário Chibli
Instituição-sede: Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (FCFRP). Universidade de São Paulo (USP). Ribeirão Preto , SP, Brasil
Bolsa(s) vinculada(s):16/18579-3 - Ferramentas de quimioinformática aplicadas à triagem de inibidores da enzima DHODH de Leishmania major, BE.EP.DR
Assunto(s):Asteraceae   Metabolômica   Doenças negligenciadas   Diidroorotato desidrogenase
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Asteraceae | dihidroorotato desidrogenase | Doenças tropicais negligenciadas | Metabolomica | Métodos in silico | Produtos Naturais e Sintéticos

Resumo

As doenças tropicais negligenciadas (DTN) afetam mais de um bilhão de pessoas em todo o mundo. Contudo, poucos fármacos efetivos estão disponíveis para o tratamento destas doenças, principalmente aquelas causadas por tripanossomatídeos, como a doença de Chagas (Trypanosoma cruzi) e leishmaniose (Leishmania spp.). A flavoenzima diidroorotato desidrogenase (DHODH) é um alvo molecular em potencial para triagem de substâncias com atividade antiprotozoária. Plantas da família Asteraceae e suas substâncias isoladas possuem atividade antiprotozoária e, portanto, um grande potencial para inibição das enzimas DHODHs de T. cruzi (TcDHODH) e de L. major (LmDHODH). Após estudos preliminares in vitro, este potencial foi verificado por nós em testes piloto realizados previamente à submissão desta proposta. Considerando tal potencial, a demanda por substâncias ativas contra DTN e a necessidade de estudos químicos e farmacológicos de espécies nativas do Cerrado, propõe-se a triagem de extratos vegetais e substâncias isoladas de espécies de Asteraceae para inibição in vitro das enzimas TcDHODH e LmDHODH, combinada a estudos metabolômicos por UHPLC-UV-HRFTMS e métodos in silico. Este tipo de abordagem tem se mostrado extremamente eficiente na triagem de produtos naturais bioativos, pois a análise de correlação entre os metabólitos dos extratos e os resultados dos ensaios in vitro permite determinar, principalmente, quais substâncias podem ser as responsáveis ou não pela atividade, antes mesmo destas serem isoladas, o que dificilmente seria possível através de métodos fitoquímicos clássicos. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
CHIBLI, LUCAS A.; ROSA, ANNYLORY L.; NONATO, MARIA CRISTINA; DA COSTA, FERNANDO B.. Untargeted LC-MS metabolomic studies of Asteraceae species to discover inhibitors of Leishmania major dihydroorotate dehydrogenase. METABOLOMICS, v. 15, n. 4, . (14/26866-7, 14/01443-6)
CHIBLI, LUCAS A.; SCHMIDT, THOMAS J.; CRISTINA NONATO, M.; CALIL, FELIPE A.; DA COSTA, FERNANDO B.. Natural products as inhibitors of Leishmania major dihydroorotate dehydrogenase. EUROPEAN JOURNAL OF MEDICINAL CHEMISTRY, v. 157, p. 852-866, . (14/01443-6, 14/26866-7, 16/18579-3, 15/25099-5)
Publicações acadêmicas
(Referências obtidas automaticamente das Instituições de Ensino e Pesquisa do Estado de São Paulo)
CHIBLI, Lucas Apolinário. Triagem de inibidores da enzima DHODH de Leishmania major em Asteraceae: estudos metabolômicos e da relação estrutura-atividade quantitativa (QSAR). 2018. Tese de Doutorado - Universidade de São Paulo (USP). Faculdade de Ciências Farmacêuticas de Ribeirão Preto (PCARP/BC) Ribeirão Preto.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.