Busca avançada
Ano de início
Entree

Estudo das comunidades bacterianas da rizosfera de Triticum aestivum L. com potencial antagonista à brusone causada por Magnaporthe grisea

Processo: 14/07382-9
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 29 de fevereiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Microbiologia - Microbiologia Aplicada
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Itamar Soares de Melo
Beneficiário:Ana Gabriele Barbosa Casteliani
Instituição-sede: Embrapa Meio-Ambiente. Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (EMBRAPA). Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Brasil). Jaguariúna , SP, Brasil
Assunto(s):Rizosfera   Trigo   Brusone   Triticum   Magnaporthe   Controle biológico

Resumo

A cultura de trigo (Triticum aestivum L.) é a segunda maior do mundo e o Brasil ocupa o segundo lugar de produção na América do sul. Entretanto, a produtividade desta cultura pode ser limitada devido à ocorrência de várias doenças; sendo que a brusone do trigo, causada pelo fungo Magnaporthe grisea, tem preocupado as comunidades cientificas nacional e internacional, devido à severidade de danos e ausência de técnicas efetivas para o controle. Os micro-organismos presentes na rizosfera estabelecem diversas relações simbióticas com as plantas, e devido a esta característica, várias populações já foram identificadas como agentes de controle biológico. Pouco se sabe sobre o potencial antagonista que as populações de micro-organismos presentes na rizosfera do trigo, pode apresentar diante do fungo fitopatogênico Magnaporthe grisea, causador da brusone do trigo no Brasil. Desta forma, com o presente projeto, pretende-se caracterizar os principais representantes das comunidades bacterianas da rizosfera de duas variedades de trigo (Triticum aestivum L.) a fim de se obter espécies com potencial para o biocontrole da doença denominada brusone. (AU)