Busca avançada
Ano de início
Entree

Como efeitos em cascata se propagam em redes mutualísticas: incorporando o papel das espécies e história natural

Processo: 14/20572-1
Linha de fomento:Bolsas no Exterior - Estágio de Pesquisa - Doutorado
Vigência (Início): 14 de janeiro de 2015
Vigência (Término): 13 de janeiro de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Ecologia - Ecologia Teórica
Pesquisador responsável:Paulo Roberto Guimarães Junior
Beneficiário:Marília Palumbo Gaiarsa
Supervisor no Exterior: Jason M. Tylianakis
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IB). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Local de pesquisa : University of Canterbury (UC), Nova Zelândia  
Vinculado à bolsa:13/13319-5 - Cascatas ecológicas e evolutivas em redes mutualísticas, BP.DR
Assunto(s):Teoria da informação   História natural

Resumo

Dada a atual crise da biodiversidade e a importância de muitas espécies para o funcionamento dos ecossistemas e a provisão de serviços ecossistêmicos, é importante prever quais espécies tem maior probabilidade de serem afetadas por perturbações, tais como extinção e variações na abundância das espécies. Em comunidades ecológicas, as espécies estão ligadas através de interações ecológicas, e perturbações em uma espécie podem se propagar por todo o sistema. Este trabalho se propõe a explorar como os efeitos combinados de topologia da rede e atributos biológicos influencia efeitos em cascata em redes mutualísticas. Mais especificamente, pretende-se explorar (1) como as espécies diferem em suas probabilidades de serem afetadas por um efeito em cascata; e (2) como a estrutura da rede e os padrões de interação de espécies individuais afetam a quantidade de tempo necessária para que uma perturbação propague por toda a rede. Esperamos que uma perturbação se propagará mais rapidamente em redes nas quais existem espécies que interagem com muitas espécies e que dependem fortemente destas interações. Além disso, acreditamos que espécies que interagem com muitas espécies serão mais rapidamente afetadas, e propagar mais rapidamente os efeitos em cascata, do que espécies que interagem com um menor número de espécies. Também será explorado como a dinâmica dos efeitos em cascata muda após a inclusão de atributos biológicos que sabidamente afetam as interações entre espécies, tais como tamanho do corpo e abundância, por exemplo. Para explorar estas questões serão combinados análises sobre estrutura da rede com teoria da informação e dados de história natural. (AU)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
GAIARSA, MARILIA P.; GUIMARAES, JR., PAULO R. Interaction strength promotes robustness against cascading effects in mutualistic networks. SCIENTIFIC REPORTS, v. 9, JAN 24 2019. Citações Web of Science: 1.
HUTCHINSON, MATTHEW C.; GAIARSA, MARILIA P.; STOUFFER, DANIEL B. Contemporary Ecological Interactions Improve Models of Past Trait Evolution. Systematic Biology, v. 67, n. 5, p. 861-872, SEP 2018. Citações Web of Science: 0.

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas escrevendo para: cdi@fapesp.br.