Busca avançada
Ano de início
Entree

Turnover dos isótopos estáveis do carbono-13 e nitrogênio-15 no plasma sanguíneo e soro do leite de vacas alimentadas com cama de aviário

Processo: 14/15672-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de outubro de 2014
Vigência (Término): 30 de setembro de 2015
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Zootecnia - Produção Animal
Pesquisador responsável:Carlos Ducatti
Beneficiário:Rodrigo da Silva Gennari
Instituição-sede: Instituto de Biociências (IBB). Universidade Estadual Paulista (UNESP). Campus de Botucatu. Botucatu , SP, Brasil
Assunto(s):Encefalopatia espongiforme bovina   Soro do leite   Plasma sanguíneo   Isótopos estáveis   Nitrogênio 15   Carbono   Leite de vaca   Delineamento experimental

Resumo

Após a crise de Encefalopatia Espongiforme bovina, popularmente conhecida como doença da "vaca louca", além de recentes surtos de gripe aviaria no Japão, Rússia e Europa, aumentaram as preocupações quanto à utilização de subprodutos de aves na alimentação de animais. Com o maior aparecimento dessas doenças, consumidores ficaram receosos quanto à segurança sanitária dos alimentos, sendo assim os Estados se viram forçados a implantar novas barreiras e leis para amparar a confiança dos mercados consumidores. No entanto, devido à escassez de métodos que detectem no produto final, que o animal foi alimentado com subproduto proibido pela legislação, a busca por uma ferramenta que auxilie na fiscalização é de grande importância. Diversos estudos destacam que a utilização da técnica dos isótopos estáveis possibilita rastrear o tipo da alimentação fornecida ao animal através da análise isotópica de seus produtos. Dentro deste contexto, o objetivo deste trabalho será estudar o turnover do carbono-13 e nitrogênio-15 no soro do leite e no plasma sanguíneo de vacas leiteiras, a fim de determinar o tempo de incorporação do sinal isotópico da dieta contendo ou não cama de aviário. O período experimental será de 91 dias, onde 12 vacas de leite mestiças serão divididas em dois tratamentos, o tratamento controle com dieta estritamente vegetal, e o segundo com a inclusão de cama de aviário na dieta. Os dados obtidos serão analisados através do método de equações exponenciais do MINITAB®16 (2010).

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa: