Busca avançada
Ano de início
Entree
Conteúdo relacionado

Almotacés e a almotaçaria na Câmara Municipal de São Paulo, 1755-1832

Processo: 14/14359-3
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Iniciação Científica
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de julho de 2016
Área do conhecimento:Ciências Humanas - História - História do Brasil
Pesquisador responsável:Andrea Slemian
Beneficiário:Claudia de Andrade de Rezende
Instituição-sede: Escola de Filosofia, Letras e Ciências Humanas (EFLCH). Universidade Federal de São Paulo (UNIFESP). Campus Guarulhos. Guarulhos , SP, Brasil
Assunto(s):Política e administração luso-brasileira   São Paulo (SP)   Justiça

Resumo

O presente projeto está inserido no campo dos estudos da administração portuguesa entre os períodos de 1755 a 1800 através da observação do ofício de almotacé, em especial, na Câmara Municipal de São Paulo. Nesse sentido, a partir da documentação referente ao tema, bem como do diálogo com a historiografia, buscar-se-á analisar a atuação, formas de seleção e conflitos gerados a partir da atuação de seus agentes, evidenciando as especificidades da administração lusitana adquiridas no ultramar e os possíveis limites das medidas reformistas levadas a cabo a partir do governo de Pombal. (AU)