Busca avançada
Ano de início
Entree

Pesquisa e caracterização de genes plasmidiais de resistência às quinolonas em escherichia coli isoladas da cadeia de produção de aves e suínos

Processo: 14/11523-7
Linha de fomento:Bolsas no Brasil - Doutorado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 30 de abril de 2018
Área do conhecimento:Ciências Agrárias - Medicina Veterinária - Medicina Veterinária Preventiva
Convênio/Acordo: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Terezinha Knöbl
Beneficiário:Marcos Paulo Vieira Cunha
Instituição-sede: Faculdade de Medicina Veterinária e Zootecnia (FMVZ). Universidade de São Paulo (USP). São Paulo, SP, Brasil
Assunto(s):Suínos   Aves   Escherichia coli   Produção animal   Quinolonas   Microbiologia veterinária

Resumo

A pressão seletiva causada pelos antibióticos utilizados como promotores de crescimento em animais de produção é uma preocupação no mundo todo. Recentemente, vários trabalhos demonstraram que cepas de bactérias patogênicas e/ou multirresistentes são selecionadas no contexto da produção animal. Dentre os antibióticos que mais têm apresentando aumento nos níveis de resistências estão as quinolonas e fluoroquinolonas. Até 1998, a resistência a esta classe de antibióticos era atribuída apenas a mecanismos de mutação na DNA girase e topoisomerase IV no DNA bacteriano. O surgimento da resistência às quinolonas mediada por plasmídeos e disseminação desses elementos trouxe a questão dos animais servirem como fonte de genes de resistência a essa classe. Diversos estudos demonstram que o consumo de alimentos de origem animal, principalmente de aves, e proximidade com esses animais como elemento fundamental na cadeia epidemiológica das infecções humanas por bactérias Salmonella spp. e Campylobacter spp., e mais recentemente por Escherichia coli. Levando em conta a importância do tema para saúde pública, a importância da criação de aves e suínos na economia brasileira e a escassez de pesquisas sobre o tema no Brasil esse projeto tem como objetivo avaliar a epidemiologia molecular e caracterizar fenotipicamente e genotipicamente os plasmídeos de resistência às quinolonas presentes em Escherichia coli isoladas de diferentes fases da produção de aves e suínos no Brasil. (AU)