Busca avançada
Ano de início
Entree

Análise funcional das peroxirredoxinas no fungo patogênico oportunista humano Aspergillus fumigatus

Processo: 14/16636-4
Modalidade de apoio:Bolsas no Brasil - Mestrado
Vigência (Início): 01 de novembro de 2014
Vigência (Término): 31 de maio de 2016
Área do conhecimento:Ciências Biológicas - Genética - Genética Molecular e de Microorganismos
Acordo de Cooperação: Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES)
Pesquisador responsável:Iran Malavazi
Beneficiário:Krissia Franco de Godoy
Instituição Sede: Centro de Ciências Biológicas e da Saúde (CCBS). Universidade Federal de São Carlos (UFSCAR). São Carlos , SP, Brasil
Assunto(s):Análise funcional   Peroxirredoxinas   Aspergillus fumigatus
Palavra(s)-Chave do Pesquisador:Aspergillus fumigatus | Estresse oxidativo | peroxiredoxinas | micologia molecular

Resumo

Aspergillus fumigatus é um fungo filamentoso patógeno oportunista, sendo o responsável por diversas doenças respiratórias humanas, incluindo a aspergilose pulmonar invasiva, que é a forma da infecção mais grave. De uma maneira geral, as infecções microbianas, desencadeiam no hospedeiro uma resposta imunológica mediada por Espécies Reativas de Oxigênio (EROs), que incluem os peróxidos orgânicos e peróxido de hidrogênio. A capacidade de microrganismos patógenos manterem-se no hospedeiro sob esse tipo de ataque deve-se à função dos diversos mecanismos de defesa antioxidante. Dentre esses mecanismos encontram-se uma serie de enzimas antioxidantes que incluem as catalases, superóxido dismutases, Glutationa Peroxidase (GPx) e Peroxirredoxinas (Prx). Nesse contexto as peroxirredoxinas tem papel significativo na permanência do patógeno dentro do hospedeiro, pois são capazes de decompor hidroperóxidos lipídicos e peroxinitritos, além de peróxido de hidrogênio, conforme observado em outros organismos. Até o presente momento nenhuma peroxirredoxina foi caracterizada em A. fumigatus e esse projeto prevê a caracterização funcional dessas proteínas nesse organismo. (AU)

Matéria(s) publicada(s) na Agência FAPESP sobre a bolsa:
Matéria(s) publicada(s) em Outras Mídias (0 total):
Mais itensMenos itens
VEICULO: TITULO (DATA)
VEICULO: TITULO (DATA)

Publicações científicas
(Referências obtidas automaticamente do Web of Science e do SciELO, por meio da informação sobre o financiamento pela FAPESP e o número do processo correspondente, incluída na publicação pelos autores)
ROCHA, MARINA CAMPOS; DE GODOY, KRISSIA FRANCO; BANNITZ-FERNANDES, RENATA; MARILHANO FABRI, JOAO H. T.; FERRARI BARBOSA, MAYRA M.; DE CASTRO, PATRICIA ALVES; ALMEIDA, FAUSTO; GOLDMAN, GUSTAVO HENRIQUE; DA CUNHA, ANDERSON FERREIRA; NETTO, LUIS E. S.; et al. Analyses of the three 1-Cys Peroxiredoxins from Aspergillus fumigatus reveal that cytosolic Prx1 is central to H2O2 metabolism and virulence. SCIENTIFIC REPORTS, v. 8, . (09/53546-5, 14/16636-4, 16/03322-7, 15/17541-0, 13/22375-6)

Por favor, reporte erros na lista de publicações científicas utilizando este formulário.